Zema anuncia R$ 1,9 bilhão em investimentos de empresas em Minas

[ad_1]

Ao todo, 13 empresas assinaram propostas para ampliação de suas vegetação no Estado

O governador Romeu Zema anunciou na tarde desta sexta-feira (11) R$ 1,9 bilhão em investimentos para Minas Gerais. Ao todo são 13 empresas que assinaram propostas para ampliação de suas vegetais no Estado,, o que segundo o governo deve gerar aproximadamente 2.924 vagas de ocupação.

O evento aconteceu na Cidade Administrativa, onde representantes de todas as empresas estiveram presentes. Elas investirão em diferentes regiões do estado e também em diversas áreas, porquê alimentícia, empreendimentos imobiliários, força solar, entre outros. 

Zema disse aos empresários que em seus dois anos de governo houve um desenvolvimento de investimentos. "Nós conseguimos implementar uma outra velocidade aos investimentos do Estado nesses dois anos, o que nos permitiu chegar a R$ 88 bilhões - o que é três vezes maior que o último governo fez em quatro. Estamos falando de velocidade seis vezes maior que a conseguida nos últimos quatro anos, o que é muito significativo".

Ele também afirmou que o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) tem sido um importante instrumento de liberação de crédito para empresários do Estado. "O BDMG leste ano, com relação ao ano pretérito, mais que triplicou o número de operações de crédito, de modo universal. E para pequenas e micro empresas, mais do que quintuplicou o valor emprestado e isso, principalmente em um ano de pandemia, ajuda muito".

Ainda segundo o governador, diante da atual situação fiscal, o Estado hoje não tem qualquer capacidade de investimento. Também não pode tomar crédito porque está em débito com a União e com instituições financeiras. “Estou com inveja com vocês porque o Estado continua quebrado e sem investimentos. Logo, eu queria muito estar no lugar de vocês porque investir, de certa maneira, é mudar o cenário do mundo, é gerar oportunidades de ocupação, é dar oportunidades para pessoas talentosas crescerem, é atender o mercado com mais produtos e isso é muito gratificante”.

Em seu exposição, Zema afirmou que tem um compromisso com a desburocratização. “Nós já fizemos um ‘revogaço’, eliminando mais de 140 decretos e portarias que só serviam para infernizar a vida de quem produz. Deixamos de exigir alvarás para mais de 600 atividades, principalmente aquelas de microempresários, porquê cabeleireira, borracheiro e etc, mais uma vez visando simplificar”. 

Já o secretário-anexo de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, destacou a valia de que os protocolos de intenção se efetivem e listou vários empreendimentos lançados esse ano. “Tão importante quanto virem assinar os protocolos são os protocolos serem efetivados, saírem do papel e virarem realmente investimentos e tarefa. E esse ano, tivemos aí o Grupo Petrópolis fazendo a sua inauguração, a Alpargatas, a Ambev, o grupo Lactalis que está cá e está expandindo. Logo, são investimentos que nasceram de um protocolo de intenção e hoje são canteiros de obra, são empregos gerados e tributos. Logo, é toda a masmorra produtiva sendo ativada de forma efetiva e real”.

Ele também mencionou os recentes anúncios de instalação dos centros de distribuição da Amazon e do Mercado Livre, que devem ser abertos respectivamente em Betim, na região metropolitana da capital, e em Extrema, no sul do Estado. Segundo o secretário-coadunado, esses centros são frutos de um trabalho da a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, via Filial de Promoção de Investimento e Negócio Exterior do Estado (INDI).

“Quando a gente conseguiu prospectar a Amazon nós estávamos disputando com três estados e os três estados tinham dois meses para pegar a assinatura de seus respectivos governadores no entendimento de confidencialidade. O prazo que a Amazon deu foi de dois meses para que esses três estados, inclusive Minas Gerais, trouxesse a assinatura do governador. Minas Gerais fez em dois dias. Isso prova e mostra a prioridade e a dinamicidade que esse governo tem oferecido para aqueles que querem cá empreender, investir e gerar riqueza, prosperidade e ocupação”.

Confira a lista de empresas que firmou compromisso com o Estado:

Região Medial: 

Empresa: Lactalis
Projeto: projeto de fatiamento de queijos
Município: Sabará
Investimento: R$ 10,5 milhões
Empregos diretos: 50

Empresa: Jardim Panc Negócio e Distribuição de Bebidas
Projeto: expansão de produção de bebidas destiladas
Município: Novidade Lima
Investimento: R$ 1,7 milhão
Empregos diretos: 25

Empresa: Dallas Airmotive
Projeto: Meio de Serviços e Reparos de Motores
Município: Belo Horizonte
Investimento: R$ 37 milhões
Empregos diretos: 52

Empresa: Serta Transformadores Indústria Negócio Importação e Exportação
Projeto: implantação da novidade risca de transfomadores, retificadores e bobinas
Município: Santa Luzia
Investimento: R$ 3,7 milhões
Empregos diretos: 12 

Empresa: Pró-eficiência solução para agronegócios S/A
Projeto: Expansão da unidade fabril para fabricação do cocho eletrônico
Município: Betim 
Investimento: R$ 5,2 milhões
Empregos diretos: 21 

Empresa: Gerdau Açominas
Projeto: Projetos visam prometer a perenidade das operações de Miguel Burnier, com destaque para a Rima de Disposição de Rejeitos (PDR) do Sardinha e filtragem de rejeitos, a ser implantada para substituir a utilização de barragem de rejeitos. Além da rima, estão previstos um terminal ferroviário e um mineroduto
Município: Ouro Branco 
Investimento: R$ 608 milhões
Empregos diretos: 120

Empresa: Onça Minning
Projeto: Sondagem e pesquisa para viabilizar uma jazida de ouro
Município: Caeté 
Investimento: R$ 15 milhões
Empregos diretos: 75

Sobranceiro Paranaíba:

Empresa: Muito Brasil Mantimentos
Projeto: Expansão da unidade de Perdizes
Município: Perdizes 
Investimento: R$ 700 milhões
Empregos diretos: 150 

Zona da Mata:

Empresa: Tangara Importadora e exportadora AS
Projeto: Indústria de Constituído Lactescente
Município: Manhuaçu 
Investimento: R$ 28,5 milhões
Empregos diretos: 220

Noroeste: 

Empresa: SPE JP-T1 Empreendimentos imobiliários LTDA
Projeto: Empreendimento imobiliário Smartcity
Município: João Pinho 
Investimento: R$ 200 milhões
Empregos diretos: 1.800

Setentrião e Meio-Oeste: 

Empresa: Empresa Mineira de Geração Distribuída Holding Ltda (EMGD)
Projeto: Multíplice Solar (30 UFVs)
Município: Diversos 
Investimento: R$ 400 milhões
Empregos diretos: 164

Sul: 

Empresa: Belenus S/A
Projeto: Fábrica de barras roscadas e arames para a fabricação de parafusos
Município: Extrema 
Investimento: R$ 47 milhões
Empregos diretos: 200

Triângulo: 

Empresa: CJ Selecta
Projeto: Implantação de vegetal de álcool 
Município: Araguari 
Investimento: R$ 19 milhões
Empregos diretos: 35

Atualizada às 17h30


[ad_2]
Nascente Notícia -> :Fonte Notícia