Traficante de Santa Luzia é recluso curtindo praia no Espírito Santo

[ad_1]

Varão é suspeito de participação em ao menos dez homicídios na região metropolitana de Belo Horizonte e teria relação com o Primeiro Comando da Capital (PCC)

Traficante de subida periculosidade, suspeito de participação em ao menos dez homicídios, fugido da Justiça e envolvido com o Primeiro Comando da Capital (PCC). Apesar do histórico criminoso, "Fabinho das Antenas", de 36 anos,  atuante em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi recluso relaxando em uma praia do Espírito Santo. Nesta quinta-feira (22), a Polícia Social deu mais detalhes do caso. 

"A operação policial com a prisão dele, na data de ontem, no Espírito Santo, foi em decorrência de uma investigação de homicídio ocorrido em Vespasiano em setembro deste ano. Iniciamos as investigações e constatamos a participação possivelmente desse suspeito. Ele foi identificado e percebemos que é um sujeito de altíssima periculosidade com atuação no tráfico de drogas em Santa Luzia, Ribeirão das Neves e com ramificações em Lagoa Santa e Pedro Leopoldo", explicou o representante Marcos Vinicius Martins, titular da Delegacia Especializada de Homicídios em Vespasiano. 

As investigações prosseguiram, e a polícia mineira tomou conhecimento que o varão estava morando na cidade capixaba de Serra.  Equipes policias de Vespasiano e Santa Luzia foram até o município e localizaram o varão na praia de Bicanga. No momento da prisão, por volta de 12h, ele aguardava a família. 

"Ele não reagiu à prisão e nesta quinta-feira chegamos com o suspeito a Minas Gerais. Ele já se encontra no sistema prisional, mas, por motivo de segurança, a unidade não será divulgado", finalizou o mandatário.

Fuga de prisão é investigada

Fabinho das Antenas, que também é espargido porquê “Fabinho do Palmital”, bairro de Santa Luzia, fugiu de uma Penitenciária Público Privada (PPP) de Ribeirão das Neves, na região metropolitana da capital, em maio deste ano. A fuga ainda é investigada.

“Ele cumpria pena por tráfico e associação ao tráfico. Estava fazendo um trabalho na extensão externa, dentro da PPP, quando viu a possibilidade de fuga. As circunstâncias dessa fuga são investigadas pela 3ª Delegacia de Ribeirão das Neves”, explicou a delegada Adriana das Neves Rosa, titular da Delegacia Especializada de Homicídios em Santa Luzia.

A Polícia Social mineira contou com o base da Polícia Social do Espírito Santo para realizar a prisão do criminoso. 

 

Material atualizada às 20h22
 


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte Notícia