Psyllium: Para que serve? emagrece? Veja porquê tomar – Dietas

[ad_1]

Você sabe o que é psyllium? A vegetal possui diversos benefícios por conta de suas fibras, descubra para que serve a seguir. E ainda, veja porquê consumir, receitas com psyllium e possíveis efeitos colaterais e contraindicações. É considerado low carb? Emagrece?

Psyllium: o que é?

Psyllium husk é um suplemento de fibras derivado da casca da semente da vegetal plantago ovata.

Trata-se de uma grama, que possui benefícios mormente por conta de suas sementes ricas em fibras. É útil para tratar algumas doenças e facilitar na saúde.

Faz secção das gomas e mucilagens, que são um grande grupo de polissacarídeos.

São partes do carboidrato da vegetal que não são digerida pelo corpo humano. Logo, atua porquê uma filamento cevar do tipo solúvel.

As fibras solúveis são usadas porquê laxativo, assim porquê, pode servir de emulsificante, espessante e geleificante em receitas.

Isto porque aumenta a viscosidade, já que puxa chuva do meio em até 20 vezes seu volume e forma um gel em contato com líquidos.

Por ser constituído de 65-80% de fibras em sua elaboração, psyllium é um óptimo suplemento de fibras. Atua de forma mais eficiente do que outras fibras porquê a inulina e a polidextrose.

Sendo assim, é um complemento cevar que pode ser usado para aumentar a quantidade de fibras da dieta.

É encontrado em cápsulas, mas é mais utilizado em pó, já que a ração indicada não cabe em poucas cápsulas.

Uma colher de sopa de psyllium fornece murado de 5 gramas de fibras, o que representa o duplo da quantidade média de fibras de uma fruta.

O suplemento pode ser adicionado em sucos, iogurtes, vitaminas e receitas de pães, tortas, panquecas e bolos.

Para que serve?

Quer entender para que serve o psyllium? A sua principal indicação é para promover o funcionamento intestinal, mas contém diversos outros benefícios à saúde.

Ao formar um gel viscoso em contato com líquidos retém secção dos carboidratos e açúcares, além, de grande secção das gorduras e colesterol.

Também dá volume para as fezes e faz o tripa funcionar. Assim, faz uma limpeza nas paredes intestinais, o que melhora a eliminação de toxinas pelas fezes. Desta forma, evita que resíduos fiquem parados no seu aparelho intestinal.

Mesmo que possua um efeito laxante eficiente, não provoca diarreia ou dores abdominais e cólicas. Isto porque não irrita a mucosa do tripa porquê alguns chás e suplementos laxativos.

Aliás, o psyllium serve para deixar massas de receitas mais fofinhos, sendo muito usado na cozinha sem glúten. Isto porque mesmo ao retirar a farinha de trigo, o psyllium deixa a receita fofinha, macia e úmida, particularidade do glúten.

8 Benefícios comprovados do Psyllium

Confira os principais benefícios do psyllium:

1) Ação anti-inflamatória

Estudos mostram ação anti-inflamatória da vegetal, podendo ser usada para facilitar dietas para tratar articulações, além de obesidade e excesso de peso.

2) Protetor gástrico

A fibrilha psyllium também atua porquê um protetor gástrico, evitando o contato com substâncias que irritam a parede do estômago. Além de limpar a mucosa intestinal, protege também o estômago.

3) Tratamento oriundo para colesterol basta

A maior secção dos estudos usando psyllium é no tratamento do colesterol. A filamento da vegetal pode diminuir o colesterol, já que forma uma teia que retém a gordura e impede sua aspiração. Isto impede a aspiração  totalidade e frações, ou seja, tanto HDL, quanto LDL.

consequente subtracção da razão colesterol totalidade:HDL e LDL:HDL.

4) Diminui triglicérides eminente

Além de reduzir o colesterol, o psyllium diminui o triglicérides, outro tipo de gordura do sangue. Assim porquê o colesterol tá, os triglicerídeos elevados podem aumentar o risco de doenças, tratando-se de uma exigência chamada de dislipidemia.   

5) Regula a pressão arterial

Pessoas que consumiam o Psyllium regularmente, tiveram redução e controle da pressão arterial segundo estudo publicado na revista Clinical And Experimental Hypertension.

5) Auxilia no controle da glicemia e tratamento da diabetes

Ainda que tenha um efeito mais humilde, as fibras, em privativo, o psyllium pode diminuir a aspiração de açúcares. Porém os efeitos são coadjuvantes à outras medidas que podem ser modificadas na alimento.  

6) Ajuda a combater a síndrome metabólica

A síndrome metabólica é uma quesito associada com risco de doenças cardiovasculares, entre outras, em que  há a presença de diabetes, colesterol sobranceiro ou triglicérides. Também é generalidade apresentar excesso de peso, com periferia abdominal aumentada.

Os benefícios do psyllium trazem vantagens para o tratamento da síndrome metabólica, ajudando no combate à diversas doenças.  

7) Faz o tripa funcionar

O psyllium é uma filamento que pode ajudar a combater a constipação, fazendo o tripa funcionar. Estudos notaram que fez aumentar a secreção em mulheres com tripa recluso severamente, ajudando a tratar a constipação crônica inclusive.

É considerado um laxante seguro e saudável, pois não irrita a parede intestinal. Desta forma, não provoca diarreias ou dores abdominais.

8) Diminui a sensação de miséria, faz consumir menos

Por aumentar de volume e preencher o estômago, faz consumir menos. Isto porque ajuda a diminuir a sensação de lazeira, sem calorias extras de um iguaria. Aliás, por ser uma fibrilha, reduz a absorvência de gorduras e carboidrato.

Desta forma, o psyllium é uma maneira eficiente de juntar fibras na dieta, quando você não consegue atingi-las por alimento. Basta aditar a sucos, iogurtes e receitas e pronto!

Psyllium emagrece?

A filamento pode ajudar no emagrecimento, se consumida com bom siso e sabedoria.

Por aumentar a quantidade de fibras da dieta, dá mais saciedade, faz o tripa funcionar e diminui a absorvência de carboidratos e gorduras.

Ainda assim, se você já consome boas quantidade de fibras, deve pensar em outros vitualhas para emagrecer.

O excesso de psyllium não traz benefícios extras, muito pelo contrário, é provável até lucrar o efeito contrário.

Leia também:

+ 22 Vitualhas que ajudam a Emagrecer

+ Linhaça Dourada: Para que serve, 7 Benefícios e Porquê consumir

É low carb?

O psyllium pode ser considerado low carb, pois apesar de ser constituído quase que totalmente de carboidratos, não são digeríveis. Desta forma, não produzem calorias porque não podem ser aproveitados porquê vigor. Logo, são considerados fibras e podem ser magnífico para complementar a dieta low carb.

Porquê consumir?

A recomendação dos especialistas é não exagerar e tentar não ultrapassar 1 colher de sopa ao dia (um pouco em torno de 9g) , seja misturando-o em sucos ou mesmo na chuva.

Para as cápsulas, a dosagem deve ser a que está no rótulo – em universal, até duas ao dia, antes das principais refeições.

 Porém, sempre procure seu nutricionista de crédito para prometer que não há nenhum excesso e dê uma pausa a cada duas semanas para que seu corpo possa voltar a ingerir outros nutrientes fundamentais.

A dica é manter uma dieta saudável e fazer do Psyllium exclusivamente mais um substância do seu dia-a-dia, sem atribuir a ele nenhum efeito milagroso.

indicado para utilizar para tratamento fitoterápico pode variar bastante. Para perceber qualquer efeito, a vegetal deve ser usada por pelo menos 14 dias.  

Psyllium: receitas

Em receitas, o psyllium serve para deixar a tamanho mais macia, úmida, volumosa e consistente.

Evita que massas sem glúten esfarele ou fiquem pesadas demais, sem crescer, dando liga e espessando a mistura.

É importante seguir as medidas exatas da receita que vai fazer, já que por ser solúvel e formar um gel, psyllium pode dar diferença para assestar na receita.

Sendo assim, não mude de cabeça ou adicione em qualquer receita, pois pode não dar muito notório.  

Em pó e em cápsulas, onde comprar?

O Psyllium é facilmente encontrado na internet, através de lojas virtuais e sites que fazem a venda por meio de combos fechados de cápsulas ou até a sua versão in natureza ou em pó.

Também é provável encontrar o Psyllium em lojas de produtos naturais e em farmácias de manipulação ou farmácias tradicionais que tenham espaço para produtos naturais.

Em suma, não será difícil encontrá-lo, embora valha a pena sempre buscar o melhor preço e dispêndio-favor, optando pela versão que mais se adeque ao seu bolso e a sua rotina.

Termogênicos e emagrecedores

Existem suplementos termogênicos que possuem o Psyllium juntamente com outras substâncias para apressar o processo de emagrecimento.

Alguns exemplos são a combinação de Psyllium com cafeína ou moca verdejante, Psyllium com quitosana e também as versões concentradas exclusivamente dele.

Qual o melhor horário para tomar psyllium?

Os períodos mais recomendados para tomar o Psyllium são 30 minutos antes das principais refeições. Porquê a quantidade recomendada é de 9g, equivalente a 1 colher de sopa, você pode consumir 1/2 colher 30 minutos antes do moca da manhã e 1/2 colher de sopa 30 minutos antes do jantar. Caso utiliza a versão em cápsulas, pode ser consumido até 3 cápsulas (500mg cada) 2 vezes ao dia antes das refeições.

Pode tomar psyllium todos os dias?

Sim, seu consumo pode ser feito em todos os dias da semana.

Quais os efeitos colaterais do psyllium?

O consumo de fibras deve ser sempre associado ao consumo de chuva para que se obtenha os reais benefícios. Caso consuma pouco liquido ao longo do dia, alguns efeitos colaterais podem ocorrer, porquê: excesso de gases, sessão de estômago estufado e ainda a subtracção do gosto.

Quais as contraindicações do Psyllium?

O Psyllium não é indicado para pessoas que tomam certos remédios porquê alguns anticonvulsivos ou antiagregantes plaquetários. Se você trata diabetes e colesterol com medicamento não deve consumir psyllium sem receita e comitiva médico. Grávidas e pessoas que sofrem de problemas nos rins ou no esôfago devem evitar o consumo de psyllium sem receita. Entenda se você pode consumir o resultado ou não com uma nutricionista.

"@context": "https://schema.org", "@type": "FAQPage", "mainEntity": [ "@type": "Question", "name": "Qual o melhor horário para tomar psyllium?", "acceptedAnswer": "@type": "Answer", "text": "Os períodos mais recomendados para tomar o Psyllium são 30 minutos antes das principais refeições. Como a quantidade recomendada é de 9g, equivalente a 1 colher de sopa, você pode consumir 1/2 colher 30 minutos antes do café da manhã e 1/2 colher de sopa 30 minutos antes do jantar. Caso utiliza a versão em cápsulas, pode ser consumido até 3 cápsulas (500mg cada) 2 vezes ao dia antes das refeições." , "@type": "Question", "name": "Pode tomar psyllium todos os dias?", "acceptedAnswer": "@type": "Answer", "text": "Sim, seu consumo pode ser feito em todos os dias da semana." , "@type": "Question", "name": "Quais os efeitos colaterais do psyllium?", "acceptedAnswer": "@type": "Answer", "text": "O consumo de fibras deve ser sempre associado ao consumo de água para que se obtenha os reais benefícios. Caso consuma pouco liquido ao longo do dia, alguns efeitos colaterais podem ocorrer, como: excesso de gases, sessão de estômago estufado e ainda a diminuição do apetite." , "@type": "Question", "name": "Quais as contraindicações do Psyllium?", "acceptedAnswer": "@type": "Answer", "text": "O Psyllium não é indicado para pessoas que tomam certos remédios como alguns anticonvulsivos ou antiagregantes plaquetários. Se você trata diabetes e colesterol com medicamento não deve consumir psyllium sem prescrição e acompanhamento médico. Grávidas e pessoas que sofrem de problemas nos rins ou no esôfago devem evitar o consumo de psyllium sem prescrição. Entenda se você pode consumir o produto ou não com uma nutricionista. " ]

Referências:
Cicero AF, Derosa G, Manca M, Bove M, Borghi C, Gaddi AV. Different effect of psyllium and guar dietary supplementation on blood pressure control in hypertensive overweight patients: a six-month, randomized clinical trial. Clin Exp Hypertens. 2007;29(6):383-394. doi:10.1080/10641960701578378
Noureddin S, Mohsen J, Payman A. Effects of psyllium vs. placebo on constipation, weight, glycemia, and lipids: A randomized trial in patients with type 2 diabetes and chronic constipation. Complement Ther Med. 2018;40:1-7. doi:10.1016/j.ctim.2018.07.004


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte da Notícia -> Clique Aqui