PM localiza corpo perto de carruagem de motorista de app que sumiu na grande BH

[ad_1]

Prima de Anderson Coelho Alves diz que ele morreu, mas não deu detalhes; polícia ainda não identificou corpo, descoberta em Vespasiano

A Polícia Militar encontrou o carruagem do motorista de aplicativo Anderson Coelho Alves, 27, no bairro Novo Horizonte, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte. Pouco depois, um corpo também foi encontrado pela polícia na cidade, no final de uma estrada de terreno em um bairro próximo, mas os militares ainda não confirmaram a identidade da pessoa.

De concórdia com um parente que acompanha a movimentação da polícia, o Palio, em princípio, estaria em perfeito estado, sem amassados ou manchas de sangue aparentes. 

Segundo uma prima do motorista, que pediu para não ser identificada, Anderson morreu, porém ela não chegou a dar mais detalhes ou a confirmar se o corpo encontrado seria o dele. A Polícia Social já encaminhou o corpo para o Instituto Médico Legítimo de Belo Horizonte, no bairro Gameleira. Segundo a corporação, ele vai passar por necropsia ainda neste sábado.

No início da noite deste sábado, a Polícia Militar informou que prendeu dois homens que confessaram ter matado o motorista. Eles teriam tentado degolar a vítima.

Contato

O último contato de Anderson com a família foi na noite de Ano-Novo, na última quinta-feira, quando ele estava trabalhando. As últimas viagens que comunicou a um primo naquela noite foram de Santa Luzia, na região metropolitana, ao bairro Colmado do Pai Tomás, na região Oeste de BH, e entre dois bairros de Santa Luzia.

A Uber e a 99, para as quais ele dirigia, dizem estar à disposição das forças policiais. 

Atualizada às 18h15


[ad_2]
Nascente Notícia -> :Fonte Notícia