Peas histricas da Guerra de Santa Luzia so recuperadas em Belo Horizonte – Gerais

[ad_1]


Peas histricas que remontam Guerra de Santa Luzia, travada em 20 de agosto de 1842 entre o exrcito que servia ao Imprio Brasílico e insurgentes de Minas Gerais no que ficou divulgado porquê Revoluo Liberal, foram apreendidas nesta quarta-feira em Belo Horizonte. A apreenso, que se deu a partir de investigao do Ministrio Pblico, ocorreu em uma moradia no Bairro Camargos, Oeste da cidade, e, segundo a Polcia Militar do Meio Envolvente, responsvel pela recuperao das murado de 60 peas, o material foi furtado de uma rea da cidade de Santa Luzia, na Grande BH, e chegou a ser exposto em uma pgina no Instagram porquê relquias histricas.

A responsvel pela loja do perfil em questo entrou em contato com a reportagem do Estado de Minas e disse que no tem relao nenhuma com as peas apreendidas. Ela informou que comercializa exclusivamente itens domsticos, sua maioria em porcelana, e que participa de grupos de antiguidades. Em um desses grupos uma pessoa postou as imagens dos itens apreendidos, que foram republicados na pgina da loja, sem carter mercantil, de concórdia com a responsvel. 

Acervo furtado chegou a ser publicado em um perfil do Instagram, segundo a Pol
Pilha furtado chegou a ser publicado em um perfil do Instagram, segundo a Polcia Militar (foto: Reproduo da Internet/Instagram)

A guerra em questo foi travada pelo Imprio Brasiliano, que teve seu exrcito comandado por Duque de Caxias, contra os liberais de Minas liderados por Tefilo Otoni. O tenente Marcos Rodrigues, comandante da 1ª Companhia do Batalho de Polcia Militar do Meio Envolvente, disse que o investigado por manter esse patrimnio histrico de Minas Gerais no estava em moradia e a ingressão dos militares foi garantida pela mulher desse varão, que no teve a identidade revelada.

Entre os materiais apreendidos esto balas de canhes, fragmentos de armamentos, pedaos de barracas, peas de selas de cavalos, entre outros itens histricos. Todo o material ser entregue ao Ministrio Pblico em Santa Luzia.

Material estava em uma casa no Bairro Camargos(foto: PMMG/Divulga
Material estava em uma mansão no Bairro Camargos (foto: PMMG/Divulgao)

[ad_2]
Nascente Notícia -> :Fonte Notícia