Jovens escondem cocaína e maconha nas casas das mães, mas são detidos pela PM

[ad_1]

Denúncias anônimas levaram a Polícia Militar até os suspeitos; um deles escondia uma pedra bruta de cocaína na caixa d'chuva da morada da mãe

A Polícia Militar prendeu nessa sexta-feira (26) dois homens, um de 20 e outro de 24 anos, suspeitos de tráfico de drogas no bairro Novidade Conquista, em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte. A dupla usou esconderijos nem tão convencionais, porquê uma caixa d’chuva e o vaso sanitário, para esconder as porções de cocaína nas casas das próprias mães.

Elas permitiram a ingressão da polícia em seguida denúncias anônimas, e nos dois imóveis os militares encontraram buchas de maconha preparadas para serem comercializadas, além de pinos de cocaína, uma pedra bruta de cocaína, tabletes e barras de maconha, balanças de precisão e liquidificadores usados para preparar a droga.

Um terceiro suspeito do transgressão que era responsável por alertar a dupla sobre a chegada da polícia ou outros riscos iminentes à prática criminosa decidiu fugir quando percebeu que uma viatura parou em frente à residência onde a droga era preparada. Ele saiu correndo e pulou telhados de imóveis na região até desvanecer. O suspeito deixou desabar uma submetralhadora de fabricação caseira ao evadir dos militares.

De convénio com a polícia, inúmeras ligações anônimas denunciaram o tráfico de drogas na região do bairro Novidade Conquista e os três suspeitos passaram a ser monitorados. Na noite dessa sexta-feira (26), os militares perceberam uma movimentação suspeita em uma morada da rua Vinte. Quando os policiais decidiram maltratar na porta, o primeiro criminoso fugiu.

A mãe e a mana de um dos dois detidos permitiram a ingressão dos agentes que durante buscas encontraram 174 pinos de cocaína em um vaso sanitário. Em um dos quartos, os suspeitos escondiam um liquidificador com porções de cocaína e pinos vazios. O fruto da dona da moradia assumiu a responsabilidade e disse que a família não sabia de sua atuação criminosa.

Logo em seguida, os militares decidiram checar a residência onde mora o outro. A mãe dele também autorizou a ingressão dos militares que acharam porções nos fundos do lote, uma pedra de cocaína na caixa d’chuva do imóvel e balanças, copos de liquidificador no guarda-roupa do quarto dele. Ele também confessou o transgressão e a ocorrência seguiu para a delegacia de plantão de Santa Luzia.


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte Notícia