IFMG começa a retomar aulas nos campi da região Metropolitana e do interno

[ad_1]

Sequência do calendário letivo 2020 será viabilizada com a adoção do Ensino Remoto Emergencial, que atinge murado de 18 milénio alunos

Com a decisão de adotar o Ensino Remoto Emergencial (ERE), o Instituto Federalista de Ensino, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) está retomando gradualmente as aulas e atividades acadêmicas que estavam suspensas desde 18 de março. Durante o mês de agosto, dez campi recomeçam o calendário letivo 2020. Outros dois iniciaram as aulas já na última semana de julho. Para minimizar prejuízos e manter as medidas sanitárias de combate à pandemia do novo coronavírus, os professores receberam treinamento e irão adotar ferramentas digitais no reinício das atividades.

Muro de 18 milénio alunos serão envolvidos nesse retorno e mais de milénio docentes. As aulas recomeçam nos campi do IFMG localizados nas cidades de Arcos, Bambuí, Congonhas, Mentor Lafaiete, Formiga, Ibirité, Ipatinga, Itabirito, Piumhi, Ribeirão das Neves, Santa Luzia e São João Evangelista. Os campi em Ouro Branco, Ouro Preto e Sabará ainda estão definindo a data de retomada das aulas. Já as unidades de Betim, Governador Valadares e Ponte Novidade adotaram o ensino remoto há mais tempo e seguem com o calendário letivo.

Continue lendo em seguida a publicidade

A adesão ao Ensino Remoto Emergencial ocorre por meio de deliberação do Recomendação Acadêmico de cada campi do IFMG. Por isso, não há um calendário único para todas as 18 unidades. O ERE foi regulamentado a partir da Instrução Normativa 05/2020, publicada em 18 de junho, que estabeleceu suas diretrizes. A data de retomada das aulas em cada campus pode ser acessada no site www.ifmg.edu.br.


[ad_2]
Nascente Notícia -> :Fonte Notícia