Varão que atirou em moto em BH é procurador de Justiça

[ad_1]
procurador justiça tiro moto bh

O varão que atirou em uma moto durante uma discussão de trânsito na Zona Sul de Belo Horizonte foi identificado pela Polícia Militar porquê o procurador de Justiça de Minas Gerais Arnaldo Gomes Ribeiro, de 58 anos. Além de atirar na motocicleta, o varão ainda agrediu o condutor da moto, de 35 anos, com coronhadas nas costas. Procurado, o Ministério Público mineiro reconheceu a informação e afirmou esperar o registro policial para “tomar as providências cabíveis”.

De concordância com o registro feito pela PM, a confusão teria começado em seguida uma “fechada” que o procurador, que dirigia um veículo Spin, deu em um motociclista. Em sua resguardo, no entanto, Arnaldo alega que reagiu ao que considerou ser uma tentativa de assalto.

O caso aconteceu na manhã de sexta-feira (12), na rua Tenente Renato César, esquina com avenida Prudente de Morais (relembre ). Uma testemunha filmou toda a confusão e o momento em que o procurador sai de seu carruagem, vai em direção ao motociclista, atira no pneu da moto e agride a vítima com coronhadas.

O caso

O varão agredido procurou uma viatura da PM e registrou a ocorrência contra o procurador. No mesmo dia, Arnaldo também foi à polícia e registrou um boletim. No documento, ele alega que voltava para moradia depois buscar a mulher no hospital e que começou a ser perseguido por um motoqueiro.

O procurador diz que parou o carruagem e desceu na rua Tenente Renato César, depois um suposto garupa da moto desembarcar e sumir do seu campo de visão. Temendo uma abordagem generalidade em assaltos, ele desceu e reagiu. Ele diz que atirou na moto depois o motoqueiro ameaçar tirar alguma coisa da mochila.

Na sequência, o procurador saiu do lugar. Ele informou aos policiais que tem o registro da arma e o porte legalizado devido à sua profissão. Apesar da confusão ter ocorrido na Zona Sul de BH, mesma região em que o procurador reside, Arnaldo registrou um boletim na cidade de Santa Luzia. Sendo assim, o caso será investigado pela 3ª Delegacia de Polícia Social da cidade.

O BHAZ tentou contato com o procurador em números de telefone celular atribuídos a ele, mas não obteve sucesso. Tão logo se queira manifestar, esta reportagem será atualizada.

MPMG vai apurar

Em nota, o MPMG (Ministério Público
de Minas Gerais) disse que tomou conhecimento dos fatos e aguarda para tomar
providências. “A Procuradoria-Universal de Justiça informa que tomou conhecimento
de fatos ocorridos na manhã desta sexta-feira, 12 de junho, envolvendo um
procurador de Justiça em incidente de trânsito. No momento aguarda o Boletim de
Ocorrência para tomar as providências cabíveis”, diz a nota na íntegra.


[ad_2]
Manadeira Notícia -> :Fonte Notícia