Chuvas em MG deixam mais de centena cidades em emergência; mortes chegam a 13 no mês

[ad_1]

Foto:  Divulgação/Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

As chuvas já causaram a morte de 13 pessoas desde o início de dezembro em Minas Gerais. Uma moçoilo de 12 anos está desaparecida. Mais três municípios decretaram situação de emergência nas últimas horas, elevando para 107 o número de cidades nessa quesito em decorrência das chuvas. No Estado, 70 trechos de rodovias estão parcialmente interditados por erosões, alagamentos e deslizamentos. Em outros 11, a interdição é totalidade

Conforme balanço divulgado nesta terça-feira, 27, pela Coordenadoria Estadual de Resguardo Social de Minas Gerais, 7.407 pessoas estão desalojadas e outras 1.507 ficaram desabrigadas devido às chuvas. Nas últimas horas, os municípios de Comercinho, Umburatiba e Mendes Pimentel decretaram situação de emergência. Em muitas cidades, há bairros alagados e comunidades isoladas. No início da tarde desta terça, voltou a chover em várias regiões do Estado. As instabilidades devem persistir durante a semana toda.

Na manhã desta terça, o Corpo de Bombeiros retomou a procura pelo garoto de 12 anos perdido no desabamento da encosta de um morro, no município de Antônio Dias, no Vale do Rio Gula. Na madrugada de domingo do Natal, em seguida chuva intensa, o deslizamento atingiu quatro casas, onde as famílias se confraternizavam.

Oito pessoas foram resgatadas pelos bombeiros e encaminhadas para o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga. Uma continua internada. Os corpos de três mulheres de 18, 50 e 54 anos foram retirados sem vida dos escombros. O garoto perdido estava em uma das casas e pode ter sido arrastado pela enxurrada para um riacho, onde as buscas se concentram.

Na madrugada de sábado para domingo, 25, um carruagem foi arrastado pela enchente de um riacho na zona rústico de Grão Mongol, no setentrião do Estado. Os dois ocupantes morreram. Os outros óbitos foram registrados nos municípios de Bertópolis, Bom Jesus do Galho, Governador Valadares, Inhapim, Piraúba, Presidente Bernardes, Santa Luzia e Vespasiano, segundo a Resguardo Social.

 

Nascente: Estadão Teor 


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte Notícia