Vasco de Esmeraldas vence torneio com ex-Galo no elenco

[ad_1]

Crédito: Rafael Brayan/Torcedores

Aconteceu neste término de semana uma das grandes competições de futebol amásio do Brasil: a Taça Kaiser. Com equipes campeãs de torneios de várzea do país, duelos finais aconteceram no Sesc de Venda Novidade, em Belo Horizonte, e contou com a presença de Dadá Maravilha, vencedor do mundo em 1970, para entregar as medalhas.

Você conhece o ducto do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

A equipe vitoriosa foi o Vasco da Gama, de Esmeraldas, em Belo Horizonte. Classificado depois vencer o Corujão do ano pretérito, o time, que vem ganhando quase todos os troféus amadores da região nos últimos anos, teve facilidade para vencer a Taça Kaiser. Foram 14 gols marcados e exclusivamente um sofrido em três partidas, vencendo o duelo contra o América, também da capital de Minas Gerais, que acabou sendo derrotado por 3 a 0.

Entre os torcedores, o nepotismo era evidente do Vasco. A equipe belorizontina é considerada a melhor da região e conta com muitos jogadores que já passaram por profissional ou pelas categorias de base de time grandes do Brasil. Um deles é o lateral Michel, suplente na competição, mas que começou a curso no Atlético-MG. Ainda passou pelo futebol mexicano, mas se aposentou aos 31 anos de idade e hoje vive do futebol de várzea.

“Voltei ao Brasil pelo invitação do Darío Pereira, no Guaraní de Campinas. Passei pelo futebol de Goiás, CRB e terminei a curso no Barueri aos 31 anos de idade. Começou a jogar o futebol diletante em Santa Luzia, com a Gracinha Barbosa. Foi um grande time, vencedor de tantos torneios. Hoje, graças a Deus, estou no Vasco e somos campeões de tudo”, disse Michel.

Michel recebendo a medalha das mão de Dadá Maravilha (Foto: Rafael Brayan/Torcedores)

Além do Vasco de Esmeraldas, outras equipes participaram do torneio que foi dividido em dois grupos antes da final decidida pelos melhores de cada chave. Fortaleza (PR), da Liga Amarada da Capital, de Curitiba, Tupiniense (MG), da Despensa Itatiaia, de Belo Horizonte, América (MG), de Uberlândia, Gaúcho F.C (RS), de Santa Cruz do Sul, e Salto do Setentrião, vencedor do Campeonato Regional da Liga Blumenauense (SC) e responsável pela maior goleada da competição (ganhou o jogo contra o Gaúcho F.C. por 10 a 0).

Os jogos da Taça Kaiser contaram com grande escora da torcida no estádio e nas Arenas Kaiser, que reuniu todos os torcedores que não puderam viajar para Minas Gerais em locais especiais para escoltar os jogos, que teve transmissão ao vivo nos dois dias de todos os duelos. Lugar contou também com músicas e comidas regionais, tendo grande escora durante os confrontos.

Jogadores do Vasco comemorando o título da Taça Kaiser com a torcida (Foto: Rafael Brayan/Torcedores)

LEIA MAIS:

Dadá Maravilha coloca Flamengo porquê “fora da curva”, mas diz que futebol brasiliano “dá vontade de chorar”


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte Notícia