Trio é recluso em seguida roubar motorista de aplicativo em Escrutínio

[ad_1]

À polícia, vítima contou que que criminosos ameaçaram atirar contra a nuca dela

Um varão de 21 anos e dois de 18 foram presos, nessa terça-feira (5), depois assaltarem um motorista de aplicativo durante uma corrida em Enumeração, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

O condutor, de 35 anos, contou aos militares que aceitou uma corrida no bairro Carajás e o rumo seria próximo ao zoológico. 

No endereço de embarque, os suspeitos entraram no veículo sendo que um deles sentou no banco do passageiro na secção da frente. Durante o trajeto, o trio pediu que o condutor desviasse da rota sugerida pelo aplicativo para pegar uma mulher. 

Ainda no caminho, um dos passageiros do banco traseiro deu um golpe de "gravata" no condutor, anunciou o roubo e ameaçou atirar contra a nuca dele. 

Em seguida, os bandidos ordenaram que a vítima saísse do veículo e andasse sem olhar para trás. O varão conseguiu acionar a polícia e passar as características dos ladrões. 

No rastreamento, militares encontraram dois dos jovens no bairro Pedra Azul.

 "Durante a abordagem, espontaneamente, eles falaram que participaram do roubo e apontaram onde teria escondido a chave do veículo e o celular da vítima. Perguntamos se tinha mais alguma coisa escondida, eles abaixaram a cabeça e isso despertou a guarnição. Durante as buscas, em uma árvore, nós encontramos dois simulacros de incêndio", explicou o sargento Moisés, do Grupamento Especializado em Recobrimento (GER). 

Eles disseram à polícia que deixaram o coche em um bairro vizinho para "esfriar", ação em que o veículo é deixado escondido em qualquer lugar e, posteriormente, os ladrões voltam para pegar. 

O terceiro suspeito foi recluso em morada com outro aparelho telefônico da vítima e mais um simulacro de arma de queimação. 

"Um dos autores confidenciou à guarnição que é a terceira vez que está sendo recluso pela mesma modalidade, atuando da mesma forma contra motoristas de aplicativo. Eles possuem outras passagens porquê receptação e tráfico de drogas. São conhecidos no meio policial", detalhou o policial.  

Os ladrões foram encaminhados à Delegacia de Plantão de Relato.

Polícia Militar está atenta

Com os casos dos últimos dias de crimes contra a categoria e protestos dos motoristas de aplicativos, a Polícia Militar afirma que está atenta e faz operações. 

"Há qualquer tempo fazíamos operações focadas para taxistas, na era só tinha táxi. Atualmente, a gente faz operações para abordagens a motoristas de aplicativo é taxistas. Essa operação é semelhante a uma blitz. Nós temos um policial militar que fica logo avante dessa operação e é o responsável por fazer a seleção de quem será abordado ou não. Mesmo não tendo a identificação padronizada, conseguimos identificar por culpa do posicionamento do celular, o trajo do passageiro estar no banco de trás. Passamos dicas de segurança ao motorista e o passageiro também é abordado, a documentação é verificada. Damos a oportunidade do motorista falar se está tudo muito ou não", explicou a capitão Layla Brunnela, porta-voz da corporação.

A operação, segundo a militar, acontece em todo o Estado de forma rotineira lançada por cada batalhão.

Outros casos

Em menos de 30 dias, cinco casos de violência contra motoristas de aplicativos foram registrados na região metropolitana de Belo Horizonte. Veja:

14/12/2020: Motorista de 40 anos foi espancado durante um roubo no bairro Quintas Coloniais, em Escrutinação, por três ladrões. Ele levou socos no rosto, um dos bandidos ainda tentou atropelá-lo e tentou atirar, mas a arma falhou. Um suspeito foi recluso. 

31/12/2020: Motorista Anderson Coelho Alves, de 27 anos, desapareceu durante uma corrida. O corpo dele foi encontrado no dia 2 de janeiro em Vespasiano. Dois homens foram presos e confessaram o latrocínio - roubo seguido de morte. À polícia, a dupla contou que usou uma faca para furar os olhos da vítima e tentou degolá-la. 

03/01/2021: Motorista de 51 anos sofreu um golpe divulgado porquê "mata-leão" e foi agredido com socos e coronhadas em Sabará. Um jovem foi apreendido e um maior foi recluso. 

04/01/2021: Motorista de 24 anos foi localizado em Santa Luzia depois ser rendido por criminosos durante uma corrida. Ele foi encontrado, no dia 5, dentro do porta-malas do veículo e estava desidratado e fraco. À polícia, ele contou que ficou desacordado em seguida um dos ladrões impor uma injeção no pescoço dele. Ninguém foi recluso. 

05/01/2021: Motorista de 35 anos foi roubado em Narração. Ele levou um golpe de gravata e foi ameçado de morte. Três homens foram presos.

A reportagem de não conseguiu contato com a plataforma 99. Já a Uber informou, em nota divulgada nessa terça-feira (5) depois protestos dos motoristas, que "a segurança é sempre prioridade para Uber e a empresa esta sempre buscando, por meio de tecnologia, fazer da sua plataforma a mais segura provável, de uma forma escalável".

 

Material atualizada às 14h03

 


[ad_2]
Nascente Notícia -> :Fonte Notícia