Portal Santa Luzia Net - Pagina Inicial


Receba Nossas Noticias diretamente no seu email

Polícia Social identifica trio suspeito de executar varão em Santa Luzia

1586779217_image.jpg


Um rapaz de 20 anos suspeito de ser o executor foi recluso. Outros dois homens de 22 e 35 anos já se encontravam no sistema prisional por outros crimes

Um rapaz de 20 anos foi recluso por suspeita de executar um varão de 52 anos, em outubro de 2018, no bairro Caldeirão, em Santa Luzia, na região Metropolitana de Belo Horizonte. De concordância com a Polícia Social, outros dois suspeitos de envolvimento no transgressão também tiveram os mandados de prisão expedidos, entretanto já se encontravam no Sistema Prisional por outros crimes. 

Segundo a investigação,  a vítima de 52 anos, teria sido executada  por ordem de um outro varão de 35 anos  que já o vinha ameaçando por uma dívida antiga com o esquema de tráfico de arma. O suposto mandante do transgressão teria se irritado com a vítima depois uma fardo de armas, avaliada em R$ 150 milénio, ter sido apreendida pela polícia em 2015.  De negócio com a delegada Andrea das Neves Rosa, o suposto mandante teria recebido a informação que a fardo só foi apreendida porque a vítima teria pretérito informações para a polícia.

“Seriam armas e apetrechos para a fabricação. O que teria oferecido um prejuízo por volta de R$ 150 milénio e desde logo ele (mandante) vinha cobrando a família, a vítima diretamente, fazendo ameaças. Chegaram informações para ele que teria sido a vítima que passou informações para que a polícia fizesse a inquietação. A vítima não concordava e se recusava a remunerar”, explicou a delegada.

Murado de três anos se passaram desde a inquietação da fardo de armas até a realização da vítima. O transgressão foi cometido no dia 27 de outubro de 2018. As investigações apontaram que a vítima estava chegando em morada com uma motocicleta, teria apertado o interfone da lar para entrar, quando foi surpreendido ainda na rua por um outro home de 20 anos que teria efetuado diversos disparos contra ele.  

A esposa da vítima que estava dentro da moradia com a neta de nove anos ouviu os disparos e correu a porta de lar para tentar socorrer o marido. “A esposa ouviu os disparos, foi verificar o que era e se deparou com a vítima caída e a motocicleta em cima da perna da vítima. Foi tentar passar, nesse momento ela viu o executor voltando e ele falou para ela não o socorrer. Ele logo efetuou disparos na direção dela e da neta”, explicou a delegada. 

As duas não foram feridas pelos disparos, entretanto a polícia classifica a ação porquê tentativa de homicídio. Um terceiro varão de 20 anos suspeito de integrar o grupo também foi recluso pela Polícia Social. Segundo as investigações, ele teria repassado ao executor as armas utilizadas no transgressão. Os três foram indiciados por homicídio duplamente qualificado. 

 



Manancial Notícia -> :Fonte Notícia

Junte-se ao Nosso Canal No Telegram - -
Junte ao nosso canal no Telegram e participe de todas a publicações em primeira mão -- 1243325

Clique Aqui e Participe Já



Os artigos aqui publicados foram recolhidos pela internet com referência as suas devidas fontes no campo (Fonte) e tem sua responsablidade de seus criadores, caso você se sinta ofendido ou queira a remoção de alguma informação favor entrar em contato conosco aqui



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mude para versão para dispositivos móveis deste site