Jovem de 24 anos é assassinado a tiros em galpão, em Santa Luzia

[ad_1]

A namorada do varão morto indicou à polícia quem seria o suspeito de matá-lo mas, em seguida, desfez o dito e alegou estar nervosa no momento da enunciação

Apesar de ter sido socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Benedito, em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, um jovem de 24 anos não resistiu à seriedade dos ferimentos causados por disparos de arma de incêndio, e morreu na madrugada desta terça-feira (10).

O assassínio aconteceu em um galpão no bairro São Benedito, mas não há detalhes concretos que poderiam ajudar a esclarecer o delito. Sabe-se que o rapaz foi atingido por três tiros: um no punho, um nas costas e ainda um terceiro próximo à clavícula. 

Um varão chegou a ser assinalado porquê o responsável pelo homicídio, pela própria namorada do rapaz de 24 anos. Procurado, o suspeito alegou que não saiu de morada no momento do delito e teria se deitado ainda na noite de segunda-feira porque precisaria combinar cedo no dia seguinte para ir ao trabalho.

Depois a desenlace da perícia, já na delegacia, a mulher retirou a denúncia contra o suspeito e alegou estar nervosa e ter deliberado apontá-lo porquê responsável  pelo trajo de seu namorado – que é a vítima – ter sido ameaçado por ele. O suspeito, aliás, chegou a registrar uma ocorrência contra a mulher, por calúnia e maledicência. 

Mistério

O irmão do varão assassinado, segundo a Polícia Militar, também conseguiu indicar a placa de um coche que teria sido usado no delito, mas ainda não se sabe se os agentes conseguiram encontrar outros suspeitos.

Em seguida o socorro à vítima, os militares retornaram ao galpão onde o homicídio aconteceu para perícia. Mas, descobriram que as portas do imóvel haviam sido trancadas. Moradores da região declararam que um grupo de homens desconhecidos apareceu logo em seguida a retirada do corpo do jovem para passar o cadeado no portão. 

Peritos conseguiram investigar somente a extensão externa ao galpão, mas detectaram que a fechadura do portão havia sido rompida por três disparos de arma de lume. 

Tráfico de drogas

Três ligações anônima à polícia apontaram que o lugar onde o jovem foi assassinado é publicado na região porquê um importante ponto de tráfico de drogas. Os denunciantes também declararam que o rapaz tinha envolvimento com o transgressão.

Buscas no sistema da Polícia Militar confirmaram a informação recebida, uma vez que o jovem já possuía passagem por tráfico de drogas. O caso seguiu para a Delegacia de Homicídios de Santa Luzia, onde será investigado. 


[ad_2]
Nascente Notícia -> :Fonte Notícia