Portal Santa Luzia Net - Pagina Inicial


Receba Nossas Noticias diretamente no seu email

Fevereiro em Minas: mais chuvas, pavor e risco de deslizamentos – Gerais



Chuva contnua, solo encharcado, risco nas reas de risco geolgico e populao ainda traumatizada com as tempestades de janeiro. As autoridades apertam o passo para socorrer as famlias, pois o sinal de alerta para hoje, em Belo Horizonte, que ter dia nublado, com ndice pluviomtrico entre 50 e 100 milmetros, conforme o Instituto Pátrio de Meteorologia (Inmet/5º Disme). A previso de que haja reduo de chuvas a partir de amanh, embora com as pancadas tpicas do vero. Os meteorologistas informam ainda que o sol obrigação manar no término de semana, com melhoria das condies climticas, mas as guas no daro trgua: a qualquer hora de sbado e domingo, poder “fechar” e os temporais vo ocorrer com intensidade, exigindo desvelo reduplicado dos mineiros.
Mesmo a mais ligeiro garoa desperta tenso e pânico nas dezenas de famlias da Vila Bernardete e Bairro Bom Sucesso, na Regio do Barroca. “Cá ningum mais dorme com essa situao no, moo”, resume a desalojada Vanessa Lopes Canado, de 37 anos. Fora de lar ao lado dos vizinhos do Bom Sucesso h 13 dias, desde que os morros no entorno comearam a desmoronar sobre casas, desalojando moradores e matando sete pessoas, dormir um luxo que esses belo-horizontinos no se concedem. Depois de chuvas ininterruptas e de vrias tempestades que arrasaram a Regio Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), a capital acumula em seu subsolo um risco menos evidente, mas ainda assim mortal. Ao todo, das 58 vtimas das chuvas, 13 estavam em BH. O encharcamento do solo faz com que a capital esteja sob alerta de risco geolgico emitido pela Resguardo Social Municipal em 14 de janeiro, situao na qual mesmo uma chuva de menores propores se torna gatilho para um grande desabamento, de entendimento com o rgo.
Enquanto a Resguardo Social de BH labareda a ateno para as chuvas acompanhadas de raios e rajadas de vento de at 50 quilmetros por hora, at as 8h desta quinta-feira, a Resguardo Social Estadual alerta para possibilidade de tempestade severa, com chuva torrencial, presena de saraiva, raios e vendavais no interno do estado, com destaque para Cimo Paranaba (Patrocnio e localidades de Santa Luzia dos Barros e Silvano, Santa Rosa dos Dourados, em Coromandel, Monte Carmelo, Pedrinpolis, Romaria, Santa Juliana e Zelndia, Novidade Ponte e Serra do Salitre e a comunidade de Catiara), Tringulo (Ira de Minas), Sul (So Vicente de Minas, Andrelndia, Serranos e Cruzlia) e Medial (Trs Marias e a comunidade de Andrequic e Matriz Deus de Minas) e Arcngelo e Rio das Mortes, em So Joo del-Rei, na Regio do Campo das Vertentes.

Os especialistas do Inmet informam que o sol muito poderoso, porquê ocorreu na tarde de ontem em alguns pontos de BH, no significa ainda término da temporada de chuva. Com a subida umidade na atmosfera, o sol volta logo a permanecer encoberto, com ocorrncia de temporais mais fortes. As chuvas tambm no diminuem o calor, tanto que ontem a temperatura esteve na mansão dos 26,5 graus.

Risco de quedas

De concordância com a Resguardo Social, em condies de alerta, as “chuvas aumentam o risco de quedas de muros, deslizamentos e desabamentos em BH at sbado“. Ao lado do rgo municipal, o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) e a Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel) prosseguem com vistorias e encaminhamentos de pessoas para fora de reas de risco, muitas delas direcionadas a programas de guarida social. Os rgos relutam em especificar quais so as reas mais dramticas, mas a reportagem do Estado de Minas apurou junto a fontes do CBMMG que a Regio do Barroca e a do Jardim Terespolis, em Betim (RMBH) inspiram maior preocupao na corporao.

 

rea de risco de desmoronamento na Regio do Barroca, onde vive Vanessa Canado: ‘Cá ningum dorme’ (foto: Edsio Ferreira/EM/D.A Press)
(foto: Ed
(foto: Edsio Ferreira/EM/D.A Press)

 

A moradia da dona de mansão Vanessa Lopes ficou praticamente ilhada por toneladas de pedras, lodo e destroos dos fundos de duas casas mais altas que desabaram com um barranco de 25 metros no Bairro Bom Sucesso, no dia 25. Ela, o marido e os trs filhos esto impedidos de habitar sua residncia, que foi interditada desde ento. At hoje o pavor presente. A chuva abre sulcos na terreno que escorregou, expondo pedras e removendo sua sustentao. Aos poucos, o barranco desce mais, um pouco que at se escuta e se v com pequenos deslizamentos.

A apreenso, aos poucos, se transforma em olheiras e desgaste para Vanessa e seus vizinhos. “A gente nem dorme. Se desabar tudo de uma vez com a gente cá, acabou. Perdemos tudo. Mas no assim. A gente fica naquela expectativa de que ser que caiu hoje (o barranco sobre suas casas), ser que est caindo agora? Meu marido, eu e meus vizinhos ficamos olhando a situao j s 4h. Um passa o dia mandando mensagem para o outro. Ningum dorme mais cá nesse bairro com essa situao”, reclama.
Depois que o barranco cedeu sobre sua morada e outras trs, ela e o marido saram de moradia s pressas para a mansão da sogra. Para ter mais segurana e no depender de permanecer na moradia de outras pessoas, os trs filhos do par foram levados para o Rio de Janeiro (RJ), onde a av de 68 anos mora, depois de ela pegar um nibus at BH, chegando s 5h, e os quatro seguirem viagem no mesmo dia, j s 9h. “A Urbel vai fazer vistorias para estimar se a gente vai para alguma bolsa moradia. Estamos esperando”, desabafa.
Duas casas aquém, o desespero da tambm dona de mansão Laurinda Alves Rodrigues, de 68, para que os vizinhos que tiveram quintais destrudos permitam que ela posicione lonas doadas pela Resguardo Social, a término de que a moradia dela e da filha no sejam atingidas em caso de novo desabamento. Ambas esto fora de suas casas desde o dia 28. “O barranco tinha descido com as primeiras casas na sexta-feira, mas no tinha nos atingido. Na tera-feira desceu mais limo, que inundou a nossa mansão. A gente no dorme mais. S passa os dias vigiando o barranco, morrendo de pânico de ele descer. para cima da gente. Agora estamos lutando para os vizinhos nos deixarem estender lonas nas partes que esto desbarrancando para ver se pelo menos amenizamos a situao, mas devemos precisar de obras”, disse.

Se na secção subida do Bairro Bom Sucesso, considerado um dos piores de BH em termos de risco geolgico, o susto o de deslizamentos de morros, na secção plebeu a enxurrada do crrego de mesmo nome que atormenta moradores por j ter levado seis casas e deixado mais de uma dzia condenadas margem de barrancos protegidos por finas lonas. Em situao assim se encontra a domstica Sheila Ferreira Santos da Silva, de 55. A pequena mansão est a um palmo do que sobrou do barranco que a erguia do leito do Crrego Bom Sucesso. Suas protees so uma lona preta sobre a terreno encharcada e as oraes que faz, enquanto passa as noites em evidente ouvindo os pingos nas telhas de asbesto e a correnteza do crrego. “O pessoal da Resguardo Social disse que estou em uma rea de risco. Mas estou ficando cá assim mesmo, porque no quero remunerar aluguel; meus filhos querem que eu durma com eles, mas prefiro permanecer cá. O barranco que ficava embaixo da morada quase foi todo embora, s 3h. No temos sossego nem para dormir”, desabafa.

Ateno

Sob alertas de risco geolgico, a Resguardo Social Municipal recomenda que moradores acionem o rgo e se protejam em casos de trincas nas paredes, gua empoando no quintal, portas e janelas emperrando, rachaduras no solo, gua minando de bases de barrancos, postes e rvores se inclinando. Algumas medidas podem ajudar a evitar esses processos porquê a instalao de calhas no telhado de mansão, reparos em vazamentos de reservatrios e caixas-d’gua, no jogar lixo ou entulho na encosta, no esvaziar esgoto nos barrancos nem promover queimadas.

Os tcnicos da Urbel informam que as vilas e favelas com mais solicitaes de vistorias so Jardim Alvorada, Novo Lajedo, Beirada Risco, Aglomerado da Serra, Taquaril, Cemig e Vila Ecolgica. Para retirar as famlias das reas de risco geolgico – o nmero de pessoas nessa situao no foi informado – a Prefeitura de Belo Horizonte tem “todas as equipes mobilizadas”. E mais: “Aps o perodo pluviátil, os tcnicos faro uma novidade avaliao das residncias para verificar se as famlias podero retornar, se o lugar vai precisar de uma interveno de mdio ou grande porte ou se a famlia ser removida de forma definitiva”. As reas que no foram contempladas anteriormente sero includas no Diagnstico de Risco Geolgico.

Na capital

A chuva possante na manh de ontem deixou o trnsito lento nos principais corredores virios de Belo Horizonte. A BHTrans registrou essa situao na Avenida Cristiano Machado, no sentido Meio da capital, desde a rodovia MG-010 Rua das Gaivotas e, depois, na rotatria da Estao So Gabriel e no trecho entre a Avenida Jos Cndido da Silveira e o tnel da Lagoinha. De conformidade com a Resguardo Social de BH, a Regio Meio-Sul registra, levante ms (at 17h de ontem), 158,2mm de chuva ou 87% da mdia histrica, seguindo-se a Oeste (153,6mm) e Noroeste (130,8).

Fuga de mansão em Betim

Os perigos que os desmoronamentos trazem com o solo saturado pela gua das chuvas tambm preocupam o Corpo de Bombeiros em Betim, na Grande BH. Uma das tragdias desta temporada de chuvas ocorreu  no municpio, no Bairro Jardim Terespolis, onde um desabamento no Beco do Fagundes matou uma jovem de 17 anos e um senhor de 48, no ltimo dia 25. No lugar, onde seis moradias foram destrudas e soterradas pelo desmoronamento de um barranco de 30 metros de profundeza, vrias outras esto sendo esvaziadas.
Entre as famlias que deixavam o lugar ontem, estava a da manicure Heliane Moreira da Silva, de 36, que logo cedo saiu da moradia com os filhos de 15, 12 e 1 ano, para procurar um imvel que a prefeitura lugar vai alugar at sua lar permanecer novamente segura ou ento encontrar um novo fado para a famlia.
“Ficaram (a prefeitura) de fazer a vistoria, at que o barranco desceu e atingiu a lar dos meus vizinhos. L, derrubou dois cmodos. Vo dar um aluguel para a gente transpor. No quero permanecer depois que perdemos duas pessoas queridas. Ficou complicado”, disse. Moradora do bairro h 11 anos, ela conta que passa a noite com temor, mas mesmo quem est longe do barranco est sendo prejudicado. “A chuva e os desmoronamentos trazem muitos outros problemas. dengue, ratos, baratas, cobras, mosquitos e escorpies. Porquê fabricar a nossa famlia nesse meio?”, indaga.
Ontem, por toda cidade, aps uma chuva regular entre as 6h e as 10h, vrias encostas sob risco estavam sendo cobertas por lonas para evitar que mais gua pressionasse sua firmeza. Um deslizamento no Argola Rodovirio, sentido Vitria (ES), na profundeza do Olhos D’gua, no Barroca, fez com que mquinas e operrios fossem deslocados e fechassem a pista da direita por 500 metros, trazendo mais transtorno ao trnsito. Do outro lado, na pista oposta, cadeira e secção da pista da direita tambm estavam interditados para reforo de sua estrutura de sustentao.
A Prefeitura de Betim informou que, de forma emergencial, foi instituda a Sala de Situao, composta por equipe multidisciplinar. O grupo prope, diariamente, medidas preventivas, reparatrias, administrativas e judiciais, alm de aes de assistncia s famlias atingidas. No Bairro Terespolis, houve remoo de famlias no Beco Fagundes, Beco do Sossego, Beco Itaparica e alguns outros becos na localidade. No lugar, foram registradas quedas de taludes, muros e residncias, sendo que, atualmente, algumas casas correm risco de desabar, embora a maioria esteja desocupada. At ontem, o totalidade de moradores do Terespolis em abrigos da prefeitura era de 71 pessoas, estando 57 no Meio de Referncia de Assistncia Social (Cras) Terespolis e 14 no Meio Popular de Cultura Frei Estanislau.

As reas onde houve mais incidentes da chuva so Icaivera, regio ribeirinha do Rio Paraopeba, na Colnia Santa Isabel (Citrolndia), Avenida Marco Tlio, na profundeza do Shopping Monte Carmo, Avenida Cordiline, no Bairro Nossa Senhora de Ftima, Terespolis, na regio do Beco Fagundes, becos que saem da Rua Lagoa Santa (principalmente Beco do Sossego), Vila Cemig e Duque de Caxias.



Nascente Notícia -> :Fonte Notícia

Junte-se ao Nosso Canal No Telegram - -
Junte ao nosso canal no Telegram e participe de todas a publicações em primeira mão -- 1243325

Clique Aqui e Participe Já



Os artigos aqui publicados foram recolhidos pela internet com referência as suas devidas fontes no campo (Fonte) e tem sua responsablidade de seus criadores, caso você se sinta ofendido ou queira a remoção de alguma informação favor entrar em contato conosco aqui



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mude para versão para dispositivos móveis deste site