Ex-Galo, Marcos Rocha vê ‘más companhias’ de Cazares porquê motivo de polêmicas

[ad_1]

O comportamento fora de campo do meia Cazares, do Atlético, coleciona polêmicas. O jogador está em sua quinta temporada pelo Galo e pode estar perto de deixar o clube depois de ter, inclusive, externado o libido de transpor. Para o ex-colega Marcos Rocha, o comportamento do equatoriano está ligado a más companhias que só estão ao seu lado por interesse.

"Eu tive a oportunidade de jogar com o Cazares e ele tem um dom incrível, mas está pecando fora de campo. São más companhias, pessoas que estão se aproveitando da nomeada dele, do bom salário que ganha e jogar em um grande clube. É o que eu sempre observei. Agora, quando o salário finalizar, estas pessoas que ele considera colega irão se alongar. Depois será tarde para se arrepender", disse Marcos Rocha em entrevista ao programa Jogo Simples, da TV Band.

Cazares defende a camisa do Atlético desde 2016 e se destacou nos últimos anos porquê camisa 10 do time. Já Marcos Rocha esteve no Galo entre 2012 e 2017, em que participou ativamente de títulos porquê a Libertadores de 2013 e Despensa do Brasil de 2014.

Cazares testou positivo para o coronavírus no último término de semana e está isolamento social. Ao menos três denúncias foram feitas contra ele no mês de maio por dar festas com aglomerações em lar. O meia, inclusive, será multado em mais de R$ 130 milénio pela prefeitura de Lagoa Santa, na região metropolitana de BH, onde mora, por ser relapso no desrespeito a decreto municipais.

No início de maio, Cazares já tinha sido flagrado jogando uma 'pelada' com o colega Otero, também do Galo, além de outros amigos. A atitude aconteceu em uma quadra de Santa Luzia, em que os jogadores do Galo também desrespeitaram um decreto lugar pela pandemia do novo coronavírus.


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte Notícia