Portal Santa Luzia Net - Pagina Inicial


Receba Nossas Noticias diretamente no seu email

Estratgia de Merkel para o coronavrus comea a ser criticada – Internacional

Estratgia-de-Merkel-para-o-coronavrus-comea-a-ser-criticada-Internacional.gif


At agora elogiada por sua resposta epidemia do novo coronavrus, a chanceler alem, Angela Merkel, comea a criticada pela opinio pblica de seu pas, que deseja uma flexibilizao das medidas drsticas adotadas na crise de sade.

A chanceler defende um “desconfinamento” progressivo e critica a falta de pacincia da populao, que sofre restries h um ms e meio e teme as consequncias econmicas das medidas.

At o momento, a estratgia adotada pela Alemanha permite ao pas registra uma taxa de mortandade subalterno a de seus principais vizinhos, o que garantiu a Merkel o pedestal de grande secção da opinio pblica.

A situao provocou um aumento significativo da popularidade da chanceler, que h poucos meses era considerada uma poltica com prazo de validade. Seu movimento conservador CDU/CSU ganhou 10 pontos em dois meses nas pesquisas e atingiu 38% das intenes de voto.

– Crticas –

O clima poltico est mudando, porm, e as crticas surgem agora dentro de seu prprio partido, a Unio Democrata-Crist.

O presidente da Cmara dos Deputados, Wolfgang Schuble, uma figura poltica muito respeitada, advertiu contra restries prolongadas dos direitos fundamentais dos cidados.

“Quando escuto que qualquer outra considerao deve ceder proteo da vida, acredito que nascente ditadura no justificado”, afirmou no término de semana ao jornal Tagesspiegel.

Outro lder do partido CDU, Armin Laschet, candidato sucesso de Angela Merkel e presidente da poderosa regio da Rennia do Setentrião-Westflia, iniciou um debate com a chanceler e defende o término depressa do confinamento.

“Evidente que se trata de um matéria de vida ou morte”, declarou ao conduto ARD, mas “tambm devem ser considerados os danos que o confinamento provoca, por exemplo, nas crianas que esto trancadas em suas casas h seis semanas”.

Laschet criticou as previses pessimistas, em sua opinio, dos virologistas que so ouvidos pela chanceler – que tem formao cientfica – e destacou que, em sua regio, “40% dos leitos de UTI esto vazios”.

O jornal Bild, o mais lido da Alemanha, intensificou as crticas na edio desta segunda-feira e em um editorial pediu chanceler o “término de sua teimosia”.

– Extrema direita –

At agora discreta, a oposio tambm comeou as crticas. O presidente do partido liberal FDP, Christian Lindner, acaba de legislar “o término da grande unidade” pátrio sobre o coronavrus.

O FDP est preocupado com o impacto econmico nas pequenas e mdias empresas. Tambm critica as restries s liberdades individuais impostas pelas autoridades. Esta opinio repetida por vrios movimentos extremistas.

No sbado em Berlim, quase milénio pessoas da extrema-esquerda, mas tambm da direita identitria, reuniram-se para proteger a “resistncia democrtica” na presença de um Estado autoritrio sob o pretexto do confinamento.

Mais de 100 pessoas foram detidas, e uma novidade manifestao foi convocada para 1 de maio.

A extrema direita, principal fora de oposio na Cmara dos Deputados, tambm expressou crticas.

“O confinamento generalizado poderia ter sido evitado, e agora no conseguimos transpor dele com xito”, afirmou um dos lderes do partido Opção para Alemanha (AfD) Sebastian Mnzenmaier.

“Todas as lojas deveriam ser reabertas. A populao deve ter sua liberdade devolvida”, completou.

A AfD no consegue mais aproveitar o tema imigrao, objecto relegado a segundo projecto na crise atual, mas seu momento pode chegar.

“O partido pode aproveitar as consequncias a longo prazo da pandemia, com um exasperado coquetel de recesso, aumento do desemprego e falncias de pequenas empresas”, alertou a revista Die Zeit.



Nascente Notícia -> :Fonte Notícia

Junte-se ao Nosso Canal No Telegram - -
Junte ao nosso canal no Telegram e participe de todas a publicações em primeira mão -- 1243325

Clique Aqui e Participe Já



Os artigos aqui publicados foram recolhidos pela internet com referência as suas devidas fontes no campo (Fonte) e tem sua responsablidade de seus criadores, caso você se sinta ofendido ou queira a remoção de alguma informação favor entrar em contato conosco aqui



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mude para versão para dispositivos móveis deste site