Especialistas explicam tática de usar fita adesiva na boca – 12/12/2022 – Estabilidade

[ad_1]

Num vídeo no TikTok, uma pessoa alega que o "taping bucal" lhe dá mais pujança. Outras dizem que a prática dá mais definição ao maxilar, que melhora a pele, o estado de ânimo e a digestão, que reduz a letargia mental, as cáries, a periodontite e o mau hálito, e, finalmente, que fortalece o sistema imunológico.

Os supostos benefícios do "taping bucal", um truque simples que consiste em deter os lábios com fita micropore para conservá-los fechados enquanto você dorme, com a finalidade de incentivar a respiração nasal, vêm repercutindo tremendamente nas redes sociais.

Mas será que a ciência realmente confirma esses benefícios? E será que é seguro manter a boca fechada com fita adesiva quando estamos dormindo? Consultamos alguns especialistas para saber sua opinião.

Quais são os benefícios de respirar pelo nariz?

Ann Kearney é fonoaudióloga na Universidade Stanford e estuda porquê o taping bucal pode ajudar pessoas que roncam. Segundo ela, respirar pelo nariz, à noite ou durante o dia, encerra benefícios importantes.

A respiração nasal é "uma forma mais eficiente e efetiva de respirar" do que inspirar e perecer pela boca, ela disse, porque umidifica e filtra o ar, além de ativar a secção subalterno dos pulmões, possibilitando a respiração mais profunda e completa. Também pode ajudar o corpo a relaxar, ajudando a pessoa a pegar no sono.

A respiração nasal ajuda a filtrar alérgenos, patógenos e poeira, potencialmente ajudando a tutelar o organização contra infecções e alergias, disse a dra. Marri Horvat, perito em sono da Clínica Cleveland.

Quando você respira pelo nariz, os seios paranasais naturalmente produzem um gás chamado óxido nítrico. Quando o óxido nítrico passa dos seios paranasais para os pulmões e para o sangue, pode ajudar a decrescer a pressão sanguínea, disse o pulmonologista e perito em medicina do sono dr. Raj Dasgupta, da Keck School of Medicine da University of Southern Califórnia. O gás pode dilatar os vasos sanguíneos, potencialmente também melhorando o fluxo sanguíneo.

Dormir de boca ensejo pode levar uma pessoa a estipular com a boca seca, disse Kearney. Isso contribui para a formação de cáries, mau hálito, voz rouca e lábios secos e rachados.

O taping bucal traz qualquer favor comprovado?

Apesar de sua popularidade recente, o taping bucal ainda não foi estudado extensamente. Alguns pequenos ensaios examinaram se a prática pode sossegar o ronco em pessoas que já têm problemas de sono preexistentes, porquê apneia obstrutiva do sono –que ocorre quando secção ou toda a via aérea superior fica bloqueada quando uma pessoa dorme, levando a respiração a parar brevemente e reencetar repetidas vezes ao longo da noite.

Em um estudo pequeno feito com pessoas com apneia obstrutiva do sono ligeiro, pesquisadores descobriram que, entre 20 pacientes que dormiram com a boca fechada com fita adesiva, 13 roncaram menos com a fita do que sem ela. Em outro estudo, nascente envolvendo 30 pacientes com apneia obstrutiva do sono ligeiro que tendiam a respirar pela boca quando dormiam, os pesquisadores descobriram que as pessoas roncavam menos poderoso, em média, quando dormiam com uma fita sobre a boca.

Mas os estudos existentes sobre o taping bucal são limitados, disse Kearney, e sabemos pouco sobre porquê a prática poderia beneficiar a maioria das pessoas.

O dr. Andrew Wellman, perito em medicina do sono no Brigham and Women’s Hospital, em Boston, que já estudou o taping bucal, disse que a prática não tratamento condições porquê a apneia do sono, mas pode ajudar a melhorar o fluxo airado das pessoas e reduzir seu ronco, potencialmente ajudando quem dorme com elas a ter um sono mais profundo e restaurador.

Mas alguns dos outros benefícios aventados do taping bucal não são tão inequívocos. "Há zero evidências de que você ficará mais formosa ou que sua pele vai melhor" se você fizer taping bucal, disse o jornalista James Nestor, responsável de "Breath: The New Science of a Lost Art".


[ad_2]
Nascente Notícia -> :Fonte da Notícia -> Clique Aqui