Sátira Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e expressar: Parou

[ad_1]

Hector Babenco foi um cineasta que viveu e morreu realizando o que fazia sua vida ter qualquer sentido: A sétima arte. Em relatos marcantes sobre as memórias, amores, reflexões, intelectualidade e a frágil quesito de saúde de Babenco, o documentário revela porquê o seu paixão pelo cinema o manteve vivo por tantos anos. Confira nossa sátira em vídeo:


[ad_2]
Manadeira Notícia -> :Fonte da Notícia -> Clique Aqui