Fundador da primeira foto do dedo do mundo morre aos 91

[ad_1]
Jamie Francis / 2007 Primeira foto do dedo foi do fruto de Russell Jamie Francis / 2007

Quem vê a qualidade das imagens digitais nos dias de hoje, nem imagina que elas começaram com porquê dois pontinhos preto e brancos, criados para registrar digitalmente uma garoto. Foi logo que o engenheiro setentrião-americano, Russell Kirsch, começava uma invenção que ia revolucionar a retrato tal qual usamos atualmente. Considerado o 'inventor do pixel', Russell faleceu na última segunda-feira (11), em sua moradia no estado de Oregon, nos Estados Unidos. 

Responsável pela primeira retrato do dedo do mundo, Kirsch deu início a empreitada em 1957, quando digitalizou uma pequena imagem em preto e branco do seu fruto. A foto tinha exclusivamente 2 por 2 polegadas e foi uma das primeiras digitalizadas em um computador. Fruto de imigrantes judeus da Rússia e da Hungria, ele teve a oportunidade de estudar na New York University, em Harvard e no MIT. Sua invenção foi também trabalho de sua equipe de pesquisa no Instituto Pátrio de Ciência e Tecnologia dos EUA.

De consonância com um cláusula publicado pela Science News sobre Kirsch em 2010, a foto do fruto de Kirsch era quadrada e tinha somente 176 pixels de lado - 31.000 pixels no totalidade. Uma quantidade pequena se comparada as câmeras dos smartphones atuais, que podem reproduzir milhões de pixels.

Foto: Russell A. Kirsch - National Institute of Standards and Technology


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte Notícia