5 bilionários que tiveram primeiros empregos muito modestos antes da glória – Notícias

[ad_1]

Eles são ricos, famosos, influentes e bilionários. Mas nem todos nasceram em princípio de ouro —muitos tiveram um primeiro ocupação generalidade, com salários baixos.

A BBC reúne cá cinco empresários na lista dos mais ricos do mundo que começaram a vida profissional com trabalhos modestos.

1. Jeff Bezos


O fundador da Amazon, Jeff Bezos, é o varão mais rico do mundo, segundo o ranking de 2019 da revista Forbes. Ele tem um patrimônio de US$ 131 bilhões. Nascido há 54 anos em Albuquerque, Novo México (EUA), Bezos trabalhou preparando hambúrgueres na popular calabouço de fast food McDonald's durante a juventude.

"Na minha primeira semana de trabalho, um dosador de ketchup de quase 20 litros, montado na parede, se rompeu e o teor manchou cada esquina da cozinha. Porquê eu era o mais jovem de lá, me passaram a tarefa de limpar", conta Bezos no livro Oportunidade de Ouro: Carreiras notáveis que começaram no McDonald's, de Cody Teets.

"Qualquer trabalho pode te ensinar a ser uma pessoa responsável, se você encarar a tarefa com seriedade. É provável aprender muito porquê um jovem trabalhando no McDonald's. Não subestimem o valor disso", afirmou o possuinte da Amazon.

2. Warren Buffett

O americano Warren Buffet, de 87 anos, é publicado porquê o "Oráculo de Omaha". Considerado um investidor extremamente muito-sucedido, ele é o terceiro varão mais rico do mundo, com uma riqueza de US$ 82,5 bilhões, conforme a revista Forbes.

Buffet dirige a Berkshire Hathaway que, por sua vez, é dona de 60 empresas, entre elas a seguradora Geico e a operário de pilhas Duracell.

Desde garoto, ele era seduzido pelo mundo dos investimentos e seu pai era corretor da bolsa de valores. Quando tinha 13 anos, para lucrar um pouco de quantia, Buffet trabalhou distribuindo jornais para o The Washington Post.

3. Amancio Ortega


O espanhol Amancio Ortega é o possuinte do Inditex, conglomerado empresarial cuja principal marca é a masmorra de roupas Zara.

Ele é o sexto varão mais rico do mundo, com uma riqueza de US$ 62,7 bilhões, segundo a Forbes. Ortega, de 82 anos, nasceu numa família humilde da Galícia. Teve que deixar a escola ainda moço e, aos 13 anos, conseguiu um ocupação porquê vendedor de camisas na loja de roupas La Coruña.

‘Minha família pensava que meu cancro era transmissível’

Os brasileiros que criam aves de rapina porquê águias, falcões e corujas

"Minha universidade foi minha profissão. Meu trabalho é a dedicação plena. Ao falar da minha trajetória, repetem milénio vezes que comecei a trabalhar aos 13 anos. É verdade, mas não se enganem. Não estudei o suficiente e isso me faz falta", diz Amancio Ortega no livro Por Que Algumas Lojas Vendem e Outras Não, de Luis Lara e Jorge Mas.

4. Michael Bloomberg


O americano Michael Bloomberg, de 76 anos, fundou em 1981 a Bloomberg LP, dependência de notícias e empresa de informações para investimentos no mercado financeiro.

Ele também foi prefeito de Novidade York de 2002 a 2013 e decidiu recentemente se registrar porquê pré-candidato democrata à presidência dos Estados Unidos.

Segundo a revista Forbes, Bloomberg é a nona pessoa mais rica do mundo, com um patrimônio de US$ 55,5 bilhões. Quando jovem, ele trabalhou porquê gerente de um estacionamento para remunerar sua matrícula na Universidade Johns Hopkins.

"Escolham um ocupação de que gostem e, logo, trabalhem porquê loucos", aconselhou o empresário em exposição de maio de 2017.

5. Jack Ma


O chinês Ma Yun, espargido porquê Jack Ma, de 53 anos, é o fundador do Alibaba, empresa de negócio eletrônico baseada na China.

Ele possui uma riqueza de US$ 39 bilhões, segundo a Forbes e é o número 23 no ranking de mais ricos do mundo. Quando jovem, um de seus primeiros trabalhos foi oferecer tours em inglês para turistas na sua cidade natal, Hangzhou, na China.

A história de Jack Ma é muito pessoal, porque ele viveu uma série de fracassos e rejeições na sua vida profissional. Numa entrevista à filial Bloomberg, o empresário revelou que não passou em três tentativas de candidatura a universidades.

Em seguida desistir da teoria de fazer um curso superior, concorreu a 30 empregos diferentes e foi recusado em todos. Ele conta que até tentou, sem sucesso, um trabalho na rede de comida fast food KFC.

"No totalidade, 24 pessoas se candidataram (para trabalhar no KFC) e 23 foram contratadas. Eu fui o único rejeitado", contou.

Apesar das repetidas frustrações, Ma soube superar os obstáculos e gerar um poderio. Atualmente, ele também é espargido pelas palestras que profere pelo mundo.

"Você terá sucesso se lutar pelos seus sonhos, não se lutar pelas ambições de outros", aconselha. Outra frase famosa dele, dita numa conferência na Universidade La Salle, nas Filipinas, é: "Os sonhos vão longe quando se trabalha em equipe".


[ad_2]
Nascente Notícia -> :Fonte da Notícia -> Clique Aqui