Rússia culpa os EUA por Irã ter violado concordância nuclear

[ad_1]

O vice-ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, afirmou nesta segunda-feira que as sanções americanas ao Irã provocaram o país pérsico a quebrar o limite estabelecido em seus estoques de urânio enriquecido. Nesta segunda-feira, o Irã admitiu que ultrapassou o teto para seus estoques de urânio de ordinário enriquecimento estabelecido no contrato nuclear internacional de 2015. Esse seria o primeiro grande isolamento de Teerã do congraçamento um ano em seguida Washington se retirar unilateralmente do pacto nuclear.

Ryabkov observou que o Irã havia avisado antemão sua ação. Ele pediu a todas as partes que evitassem a escalada nas tensões, ao expor que a medida de Teerã "pretexto compunção, mas não deve ser excessivamente dramatizada". Para o vice-ministro russo, o desenvolvimento é um "resultado originário" da campanha de pressão máxima empregada pelo governo americano.

Ele acrescentou que o Irã está enfrentando sanções "sem precedentes e impensáveis", incluindo um embargo ao negócio de petróleo, numa tentativa de "estrangular" o país persiano. Manancial: Associated Press.


[ad_2]
Nascente Notícia -> :Fonte Notícia