Protesto pede volta das aulas presenciais em Enumeração (MG) – Notícias

[ad_1]

Um protesto pelo retorno das aulas presenciais em Relato, na região metropolitana de Belo Horizonte, reuniu pais, alunos e equipes de escolas particulares nas ruas da cidade, na manhã deste sábado (22).

Vestidos de branco e segurando balões e faixas, os manifestantes seguiram um um carruagem de som que saiu da Rossio Paulo Pinho Chagas e seguiu a avenida João César de Oliveira, uma das principais do município. O protesto foi encerrado na Rossio das Mangueiras.

De conformidade com os organizadores do ato, mais de 100 milénio alunos estão sem aulas presenciais desde o início da pandemia da covid-19. Alguns cartazes ilustravam frases porquê "a prefeitura não valoriza a ensino" e “a desigualdade só aumenta sem o ensino presencial".

Veja: Santa Luzia (MG) começa a vacinar professores contra a covid-19

A maior secção das cidades da região metropolitana seguem somente com o ensino remoto. Belo Horizonte e Novidade Lima estão entre os municípios que retomaram as atividades parcialmente.

Em nota, a Secretaria de Ensino de Relato informou que já tem um protocolo para retomada das aulas na cidade, mas aguarda a autorização dos órgão sanitários para iniciar o processo que, por enquanto, segue sem data prevista.

Ainda de consonância com a prefeitura, uma reunião com o MPMG (Ministério Público de Minas Gerais, solicitada pelo Sinep/MG (Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais), ficou definido que as autoridades de saúde devem definir os parâmetros mínimos para a retomada do ensino presencial.

Por término, a Secretaria de Saúde informou que não há previsão para o início da vacinação dos profissionais de ensino.

Veja a íntegra da nota da Prefeitura de Escrutinação:

A Secretaria de Ensino de Descrição (Seduc) esclarece que participou de reunião com o Ministério Público de Minas Gerais, no dia 6 de maio, com a presença da secretária municipal de ensino, Telma Fernanda Ribeiro, a pedido do Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (Sinep/MG). Na ocasião, foi definido que compete às autoridades sanitárias definirem os parâmetros mínimos para retorno das atividades presenciais.

O protocolo para retorno das atividades presenciais nas escolas de Narração já está pronto, revalidado pela Vigilância Sanitária e apresentado ao Ministério Público de Minas Gerais.
O mesmo foi apresentado ao Recomendação Municipal de Ensino de Narração nesta sexta-feira (21/5) e nos próximos dias, será ao colegiado de dirigentes escolares.

O protocolo segue aguardando diretrizes das autoridades sanitárias do município para um provável retorno das atividades presenciais para, posteriormente, ser publicado no Quotidiano Solene do Município de Escrutinação.

A Secretária de Saúde informa que ainda não há previsão para o início da vacinação dos profissionais da ensino. Esse grupo ainda não está incluído no Projecto Pátrio de Imunização, o qual o município segue."

*Estagiário sob supervisão de Pablo Promanação


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte Notícia