Portal Santa Luzia Net - Pagina Inicial


Receba Nossas Noticias diretamente no seu email

MPF quer que assaltante de Bolsonaro fique internado para tratamento – Notícias




O MPF (Ministério Público Federalista) apresentou, nesta segunda-feira (10), um parecer favorável à internação compulsória para tratamento psiquiátrico do pedreiro Adélio Papa de Oliveira, responsável confesso do  ataque ao presidente Jair Bolsonaro (PSL)


A Justiça constatou que Adélio Prelado de Oliveira sofre de problemas psiquiátricos, o que o torna inimputável. Na prática, isso significa que ele não pode ser réprobo pelo delito, uma vez que o réu não tem consciência sobre suas ações. Em casos porquê leste, o suspeito deve executar medidas de segurança, porquê passar por tratamentos psicológicos.



Nesta segunda-feira, a Justiça Federalista em Juiz de Fora, a 283 km de Belo Horizonte, realizou a última reunião de instrução do caso, antes de o juiz legislar a sentença. Durante o encontro, membros do MPF, os advogados de Adélio Papa e de Bolsonaro ouviram as últimas testemunhas de denunciação.


O presidente da República enviou um ofício respondendo a perguntas feitas pelo Ministério Público Federalista. O teor da epístola não foi divulgado.


A previsão é de que o juiz responsável pela ação emita a sentença em até 10 dias. Procurado, Zanone de Oliveira Júnior, jurisconsulto de Adélio, informou que se o juiz estatuir o cumprimento da medida de segurança, a resguardo quer que o réu passe pelo tratamento psiquiátrico na penitenciária de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, onde ele está recluso atualmente.


— Segundo o psiquiatra judicial Hewdy Lobo, o presídio federalista tem a estrutura necessária. Queremos isso porque o Adélio recebeu ameaças de morte quando ele estava no presídio estadual.



Manadeira Notícia -> :Fonte Notícia

Junte-se ao Nosso Canal No Telegram - -
Junte ao nosso canal no Telegram e participe de todas a publicações em primeira mão -- 1243325

Clique Aqui e Participe Já



Os artigos aqui publicados foram recolhidos pela internet com referência as suas devidas fontes no campo (Fonte) e tem sua responsablidade de seus criadores, caso você se sinta ofendido ou queira a remoção de alguma informação favor entrar em contato conosco aqui



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mude para versão para dispositivos móveis deste site