Portal Santa Luzia Net - Pagina Inicial


Receba Nossas Noticias diretamente no seu email

MEI: A preço de um contador para seu negocio – Jornal Contábil



advogado

A autonomia do Microempreendedor Individual permite que ele cuide de praticamente tudo sozinho, sendo um exemplo disso, a própria contabilidade. É verdade que o MEI não precisa obrigatoriamente de um contador, mas para alguns procedimentos, a ajuda de um profissional é fundamental. 

Apesar dessa autonomia do MEI na contabilidade, não é provável descartar a valia do profissional contábil dentro de uma empresa. Pois, além de utilizar os recursos disponibilizados pela profissão, ele auxilia o empreendedor sobre o funcionamento do negócio, fazendo com que a empresa se organize e traga mais resultados efetivos.

Pensando nisso, organizamos esse cláusula para abordar alguns dos diversos benefícios do profissional de contabilidade para o Microempreendedor Individual.

Redução de gastos

Uma contabilidade muito organizada te dá tranquilidade para trabalhar melhor. Isso, diz muito a reverência ao entendimento das leis e obrigações, o regulamento do setor, muito porquê as várias experiências para mourejar com as práticas da rotina. 

A autonomia do MEI não livra ele de ter que mourejar com as questões contábeis, seja emissão de notas fiscais, enunciação de IR, recolhimento de impostos e outros. Nesses momentos, o microempreendedor tem duas opções: ou opta pela ajuda de um contador, ou fica sujeito a cometer equívocos, pagando custoso futuramente. 

O contrato de um contador é relativamente mais custoso do que a terceirização desse profissional, pois ao terceirizar, o MEI só pagará pelo serviço prestado pelo contador, saindo muito mais em conta do que se fosse contratá-lo. 

Além dessa economia direta, o MEI que terceiriza esse profissional pode ter mais tempo livre para tomar conta da rotina dos demais departamentos porquê gerenciar as vendas, controlar o financeiro etc. Assim, pode otimizar os resultados do seu negócio.

Para ajudar ainda mais o MEI a otimizar a rotina, ele também pode narrar com ferramentas e softwares de gestão empresarial, reduzindo os processos operacionais, fazendo com que sobre mais tempo para cuidar do desenvolvimento do negócio.

Auxílio na tomada de decisões

Nem todo empreendedor tem conhecimentos completos sobre as burocracias do seu negócio, principalmente os menores, porquê é o caso do MEI. Com isso, o contador é a assessoria ideal para esse empreendedor em diversas situações.

Em casos em que o MEI precisa registrar um funcionário, mudar de porte por conta do faturamento, ou mesmo participar de uma licitação, a ajuda de um profissional contábil é fundamental. A contratação desse profissional se faz necessária para a realização dos procedimentos que envolvem tanto a fiscalização quanto o previdenciário. 

A lei que regulamenta o MEI coloca que as obrigações acessórias pertinentes às rotinas de recepção, férias, folha de pagamento, conta do 13º salário e rescisão trabalhista, notoriamente demandam conhecimentos técnicos de um profissional contábil.

Com isso, é reforçada a relevância da taxa do profissional contábil para as empresas, mormente para as pequenas empresas, pois as tomadas de decisões são cruciais para evitar riscos em posicionamentos errados, comprometendo a ininterrupção da empresa. 

Facilidade com as mudanças legais

A legislação tributária brasileira é conhecida pela sua burocracia e suas mudanças constantes. Com isso, a preocupação dos empreendedores de se manter sempre dentro da legislação só aumenta. 

Mesmo assim, existem muitos profissionais que se arriscam em cuidar das burocracias por conta própria, correndo riscos de cometer erros que podem custar custoso ao negócio. Ter uma equipe focada nesse tipo de serviço facilita a rotina e livra o empreendedor de muitas dores de cabeça. 

Aliás, muitos dos erros cometidos em procedimentos fiscais e tributários ocorrem por falta de conhecimento dos processos. Com a ajuda da contabilidade esses erros são reduzidos a zero, livrando o seu negócio de suportar penalizações e transtornos com os órgãos do governo. 

Epílogo

A não obrigatoriedade em relação a contratação de um contador por secção do MEI, pode influenciar o empreendedor a querer sempre cuidar de tudo sozinho. Porém, existem momentos em que o MEI precisará da ajuda de um profissional por diversos motivos. 

Os procedimentos fiscais e tributários requerem um conhecimento técnico para saber mourejar com as mais diferentes situações que podem ocorrer. Sabendo disso, o MEI pode prometer segurança e tranquilidade para resolver essas questões, contando com a ajuda de um profissional contábil.

Optando pela ajuda desse um profissional, o empreendedor poupará tempo, moeda e vai otimizar ainda mais a sua rotina, pois terá à sua disposição alguém que cuidará de sua contabilidade por inteira.

Além da ajuda do profissional para otimizar a rotina do empreendedor, o software de gestão pode ter um papel muito importante para isso também, integrando todas as áreas do negócio, permitindo a gestão em poucos cliques. 

Manadeira: VHSYS





Manadeira Notícia -> :Fonte da Notícia -> Clique Aqui

Junte-se ao Nosso Canal No Telegram - -
Junte ao nosso canal no Telegram e participe de todas a publicações em primeira mão -- 1243325

Clique Aqui e Participe Já



Os artigos aqui publicados foram recolhidos pela internet com referência as suas devidas fontes no campo (Fonte) e tem sua responsablidade de seus criadores, caso você se sinta ofendido ou queira a remoção de alguma informação favor entrar em contato conosco aqui



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mude para versão para dispositivos móveis deste site