Mais de 120 novos cartórios já podem realizar casamentos virtuais em MG

[ad_1]

Antes realizada somente em Belo Horizonte, agora a modalidade de celebração também está permitida em outras 28 cidades de Minas

Em seguida a realização dos primeiros casamentos por videoconferência em Minas Gerais, que aconteceram em Belo Horizonte, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais liberou, nessa terça-feira (19), cartórios de outras 28 cidades mineiras para realizarem as celebrações.

A ampliação se deu pela portaria 6.049, que permite o aumento do número de cartórios autorizados a oficializarem matrimônios. Ao todo, serão 129 unidades no estado, e antes, somente dois eram autorizados, o 7º Tabelionato de Notas, no Ofício de Registro Social com Atribuição Notarial do Barroca e o Ofício de Registro Social com Atribuição Notarial de Venda Novidade.

Casais que desejam uma união virtual terão o serviço disponível nas seguintes cidades: Barbacena, Belo Horizonte, Betim, Caratinga, Mentor Lafaiete, Narração, Coronel Fabriciano, Divinópolis, Governador Valadares, Ibirité, Ipatinga, Juiz de Fora, Manhuaçu, Montes Claros, Pará de Minas, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Contente, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, São João del-Rei, Sete Lagoas, Teófilo Otôni, Timóteo, Ubá, Uberaba, Uberlândia, Varginha e Vespasiano.

Trâmite

Antes da prática dos atos de forma eletrônica, os cartórios devem encaminhar à Direção do Mensalidade da comarca dos interessados enunciação de que os estabelecimentos notariais preenchem todos os requisitos de segurança exigidos, acompanhada de relatório que comprove a situação.

Com TJMG


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte Notícia