Morosidade para resultado de testes eleva presso na Regio Metropolitana de BH – Gerais

[ad_1]
Com 230 mil habitantes, Santa Luzia cerrou as portas do com
Com 230 milénio habitantes, Santa Luzia cerrou as portas do comrcio e parou: ruas vazias so o cenrio da cidade, onde ateno e susto dividem espao (foto: Jlio Moreira/EM/D.A Press)

O anncio do primeiro bito em Minas causado pelo coronavrus, e a confirmao do primeiro caso em Santa Luzia, na Regio Metropolitana de Belo Horizonte, deixam os moradores do municpio de 230 milénio habitantes em estado de alerta mximo. Segundo o prefeito lugar, Christiano Xavier, h mais de 300 casos em investigao no municpio, e ele critica a morosidade da Fundao Ezequiel Dias (Funed), vinculada Secretaria de Estado de Sade (SES-MG), em liberar o resultado dos exames. "A fica um monte de empresa pessoal em cima da gente, porquê se fosse 'urubu na carnia', querendo vender cada teste por R$ 180. Santa Luzia municpio pobre, no podemos arcar com esse dispêndio", diz o prefeito.

 

Destacando que Santa Luzia foi a primeira cidade do Brasil a legislar situao de emergncia em funo do coronavrus, Xavier afirmou que o centenrio Hospital de So Joo de Deus, no Meio Histrico da cidade, ter as obras concludas j na quinta-feira. "O hospital ser reaberto no dia 15 de abril, pois necessrio o trabalho de esterilizao antes de receber os pacientes e a equipe, que est em treinamento. Teremos 50 leitos de retaguarda, que vo complementar os existentes nas unidades de sade, porquê o hospital municipal (Madalena Calixto) e unidades de pronto-atendimento (UPAs)".

O prefeito Christiano Xavier adianta que possuir dois respiradores, somando-se a oito existentes nas unidades de sade municipais: " muito pouco, mas devemos ressaltar que 70% dos municpios no tm sequer um". O hospital So Joo de Deus, filantrpico, obedece s diretrizes de uma comisso de interveno e ser dirigido de forma compartilhada pelo municpio e a Irmandade So Joo de Deus.

'Muito temor'


Nas ruas de Santa Luzia, as opinies se dividem: para uns, o momento de temor, para outros de ateno, pois pode estar havendo subnotificaco dos casos. Nessa segunda hiptese acredita a professora Ana Paula Diniz Orzil, que, na manh de ontem, conduzindo a me, a professora aposentada Clara Lcia Diniz, esperava na longa fileira de veculos para a vacinao contra a gripe no sistema drive-thru implantado no hospital Madalena Calixto. "Penso que esse no deve ser o primeiro caso cá, pois muitos no so notificados", observou Ana Paula.

 

Esperando o nibus no ponto diante do hospital, a dona de mansão Maria das Graas Ferreira, que tentou se vacinar, sem sucesso, s pensava mesmo em voltar para mansão. "Estou morrendo de susto. E voc, no est no?", perguntou Maria das Graas ao reprter ao saber do primeiro caso confirmado em Santa Luzia. "S quero mesmo chegar em lar, o mais rpido possvel", acrescentou.

 

Segundo o prefeito, o nmero de vacinas contra a gripe que chega do Ministrio da Sade insuficiente, mas garantiu que ontem estava disponvel um novo lote.

 

Me de sete filhos e av trs vezes, a dona de moradia Luzenita Bidoo dos Santos, de somente 37 Anos, teme pela famlia. "A gente fica assustada demais, pois tem os netos em moradia e minha me, com 68 anos. Ao lado, o jubilado Antero Antnio dos Reis, de 68, dava o arremate: "Temos que pegar com Deus. S Ele pra nos acudir neste momento".

 

Com mais de 30 anos no setor gastronmico, Luiz Floriano dos Santos, possuinte do restaurante Badalo's, mantm o estabelecimento fechado e segue risca o isolamento social. "Tenho conversado, pelas redes sociais, com amigos e clientes e todos esto com pavor. Com a confirmao do primeiro caso em Santa Luzia, minha apreenso aumenta", acrescentou Luiz Floriano."O coronavrus est cada vez mais perto de todos ns", lamenta.

Resposta 


Sobre a crtica do prefeito de Santa Luzia, a SES-MG informa que Funed iniciou realizao do inspecção para identificao da COVID-19, das amostras suspeitas em Minas, em 12 de maro. Em nota, os tcnicos informam: "A Funed recebe amostras biolgicas de todos os municpios do estado, das unidades de atendimento de sade, sejam elas pblicas ou privadas.

 

At dia 24 de maro, mais de 3,5 milénio amostras deram ingressão na Funed. Dessas, aproximadamente 2,5 milénio esto em anlise ou j foram processadas e as demais esto em processo de triagem".A SES-MG destaca, ainda, que h variao no tempo de liberao de resultados, segundo demanda recebida. As amostras, exames e resultados esto sendo recebidos, conferidos, processados e tendo os resultados liberados no sistema entre 48 e 72 horas a partir da ingressão das amostras na Funed".


Portas fechadas, silncio e perdas


Conforme decreto municipal, as portas dos estabelecimentos comerciais em Santa Luzia esto cerradas, com excees, tais porquê supermercados, padarias, farmcias e depsitos de material de construo. "Academias de ginstica? De jeito nenhum!", respondeu o prefeito lugar, Christiano Xavier, pergunta do reprter. Polcia Militar e Guarda Municipal fazem a fiscalizao.

 

Na manh de ontem, o movimento estava mais intenso, muito em funo da campanha de vacinao contra gripe. Mas, na Rua Direita, a principal do Meio Histrico de Santa Luzia, a quietude imperava, sem a sada das crianas da centenria Escola Estadual Modestino Gonalves, do burburinho das vans paradas na frente do porto, do entra e sai no cartrio e nos escritrios de advocacia e das compras em lojas perto do santurio da padroeira.

 

"Quase no se v uma 'espírito viva', porquê prática manifestar por cá", comentou uma mulher, com mscara cirrgica, que seguia em direo a uma unidade de sade para se vacinar.O silncio quebrado somente pelo badalar do sino do Santurio de Santa Luzia, marcando as horas, e pelo coche de som da prefeitura com as orientaes, aos moradores, para que fiquem em lar e evitem aglomeraes, de forma a evitar a propagao do coronavrus.

 

"Os comerciantes esto obedecendo as determinaes, embora, no incio, tenha faltado maior entendimento melhor, pois houve decretos estadual e municipal", diz o presidente do Sindicato do comrcio Varejista de Santa Luzia e diretor da Associao Empresarial, Lindomar Ribeiro.

Dados preliminares indicam prejuzo de 80% para os lojistas, excetuando-se os donos de supermercados. "Mas podem ser maiores, tudo dependendo, no entanto, do tempo em que perseverar a situao de calamidade".

Os estabelecimentos que desobedecerem as determinaes municipais esto sujeitos a sanes administrativas, podem ter problemas com o alvar de funcionamento, alm de receber multas, responder criminalmente. O proprietrio pode at ser recluso.

O que o coronavrus?

Coronavrus so uma grande famlia de vrus que causam infeces respiratrias. O novo agente do coronavrus (COVID-19) foi desvelado em dezembro de 2019, na China. A doena pode originar infeces com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.



Porquê a COVID-19 transmitida?

A transmisso dos coronavrus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secrees contaminadas, porquê gotculas de seiva, esternutação, tosse, catarro, contato pessoal prximo, porquê toque ou aperto de mo, contato com objetos ou superfcies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Porquê se prevenir?

A recomendao evitar aglomeraes, permanecer longe de quem apresenta sintomas de infeco respiratria, lavar as mos com frequncia, tossir com o antebrao em frente boca e frequentemente fazer o uso de gua e sabo para lavar as mos ou lcool em gel aps ter contato com superfcies e pessoas. Em moradia, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavrus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gstricos
  • Diarreia


Em casos graves, as vtimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Sndrome respiratria aguda severa
  • Insuficincia renal

Mitos e verdades sobre o vrus

Para saber mais sobre o coronavrus, leia tambm:

Privativo: Tudo sobre o coronavrus 

Coronavrus: o que fazer com roupas, acessrios e sapatos ao voltar para lar

Coronavrus pandemia. Entenda a origem desta termo


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte Notícia