Conheça sete adaptações de Alice no País das Maravilhas

[ad_1]
Foto/Reprodução: Alice no País das Maravilhas/Disney Cena de "Alice através do espelho" (2010), de Tim Burton Foto/Reprodução: Alice no País das Maravilhas/Disney

A história de “Alice no País das Maravilhas” pode ser considerada um clássico imortal, que já recebeu mais de 40 adaptações para o cinema e a TV. É um dos principais títulos da literatura mundial e é difícil encontrar alguém que nunca tenha ouvido falar, lido o livro ou testemunhado pelo menos uma das recriaçõesdo universo surreal de Alice. O clássico completa 157 anos de seu lançamento nesta segunda-feira (04).

Publicado originalmente em 1865, a obra foi publicada sob o pseudônimo de Lewis Carroll. “Alice no País das Maravilhas” conta a história da jovem Alice, que cai na toca do coelho e é transportada para um lugar mágico, povoado por criaturas místicas, antropomórficas e, por vezes, assustadoras. A obra mistura sonho com veras e está repleta de falas satíricas, além de paródias a poemas populares ingleses do século XIX.

Na material de hoje, confira uma lista com sete adaptações da história de Alice para os cinemas, confira:

1. A primeira versão, de 1903

É um filme mudo dirigido por Cecil Hepworth e Percy Stow, que está em domínio público e, portanto, disponível na íntegra pela internet. A produção é considerada a primeira adaptação sobre a história de Alice no País das Maravilhas e um clássico do cinema mudo. Além desta, outras duas produções do cinema mudo também foram lançadas no primícias do século XX, uma em 1910 e outra, em 1915.

2- Em 1933, a Paramount apostou em Alice

Em 1933, outra adaptação de sucesso surgiu nos cinemas, dirigida por Norman Z. McLeod. O filme setentrião-americano "Alice no País das Maravilhas" foi lançado na sequência do centenário de promanação do responsável Lewis Carroll, em 1932. A produção ficou com a Paramount, que reuniu o principal elenco da idade incluindo Gary Cooper, no papel de Cavaleiro Branco e Charlotte Henry, porquê Alice.

3- "Alice no País das Maravilhas" é o 13º longa-metragem produzido pela Disney

Somente em 1951 os estúdios Walt Disney entram no jogo e também adaptam essa obra inolvidável de Carroll. A versão de 1951 tem direção de Clyde Geronimi, Wilfred Jackson e Hamilton Luske. Na idade de seu lançamento, a animação não foi tão muito recebida pelo público, mas acabou atingindo o status de clássico com o passar dos anos. Em 1952, o filme foi indicado ao Oscar de Melhor Trilha Sonora.

4-  A versão britânica de 1972

"As Aventuras de Alice no Mundo das Maravilhas" é um filme produzido no Reino Unificado e dirigido por William Sterling, com a atriz Fiona Fullerton porquê Alice. Entretanto, nas cenas em que Alice canta, a voz é da atriz Natalie Farmer. Michael Crawford interpretou o Coelho Branco ao mesmo tempo em que aparecia na comédia teatral "No Sex Please. We’re British". A maquiagem de seu personagem era removida a caminho da peça.

5- Alice no País das produções feitas para TV

Lançado em 1985 e dirigido por Harry Harris, essa é uma versão feita para a TV setentrião-americana e exibida em duas partes, nos dias 9 e 10 de dezembro, pelo ducto CBS – a secção 1 com o título "Alice in Wonderland" e a secção 2 chamada "Through the Looking-Glass". Nesta produção, Alice é interpretada pela atriz Natalie Gregory. Com figurinos clássicos e cenário surreal, o filme foi muito recebido na idade. As atrizes Natalie Gregory and Sharee Gregory (Alice e sua mana, respectivamente) também são irmãs na vida real.

6- "Alice no País das Maravilhas" com Whoopi Goldberg e Christopher Lloyd

Com Tina Majorino no papel de Alice, o filme é mais uma produção para a TV e conta com a participação de diversos rostos conhecidos, porquê Whoopi Goldberg, Ben Kingsley, Peter Ustinov, Christopher Lloyd e Gene Wilder no elenco. A direção do longa ficou com Nick Willing. Muitas das cenas do filme foram copiadas diretamente das ilustrações de John Tenniel, o ilustrador da versão original de Alice no País das Maravilhas.

7- Em 2010, Alice e Tim Burton se encontraram

Pela segunda vez a Disney adaptou o clássico de Lewis Carroll. Nessa versão, Alice tem 19 anos e volta ao País das Maravilhas para deslindar o seu verdadeiro direcção, reencontrando-se com personagens que marcaram sua puerícia. Porquê diretor, ninguém menos que Tim Burton, e  Mia Wasikowska, porquê Alice, Johnny Depp, no papel do Chapeleiro Maluco e Helena Bonham Carter, porquê Rainha Vermelha O longa foi indicado ao Oscar nas categorias Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino e Melhores Efeitos Especiais, ganhando as duas primeiras. Em 2016, o filme recebeu ainda a prolongamento "Alice Através do Espelho", em que a jovem pequena retorna ao País das Maravilhas para salvar o Chapeleiro Maluco.


[ad_2]
Nascente Notícia -> :Fonte Notícia