Com linhas reduzidas, passageiros da Grande BH enfrentam atrasos – Notícias

[ad_1]

Usuários do transporte público enfrentaram, na manhã desta segunda-feira (28), demorado e falta de ônibus nos pontos e estações de Belo Horizonte e na região metropolitana. Segundo os passageiros, a graduação dos horários das linhas segue a mesma de feriado e, com isso, os coletivos que circulam estão superlotados.

Em Venda Novidade, na capital mineira, os ônibus da risco 626, que ligam o bairro Landi até a estação, estão cheios. Já no bairro Belmonte, na região nordeste, as linhas 815, 808 e 811 também estão em horário reduzido.

No bairro Tupi, na região setentrião, a situação não é dissemelhante. Segundo uma usuária, ela chegou ainda de madrugada no ponto e até às 6 horas ainda não tinha conseguido entrar em um veículo. A risco 315, que atende o bairro Ribeiro de Abreu, na região nordeste, passa pelo mesmo problema. Em um dos vídeos, é provável ver que o motorista não pára no ponto devido à lotação.

Passageiros da risco 62 (Estação Venda Novidade/Savassi) também reclamaram de atrasos. Imagens mostram que todos os coletivos saíram da Estação às 5h20 da madrugada, com 1h e 20 minutos de delonga. ''Todos os ônibus estão abarrotados e com poucos ônibus na risca", reforçou um dos usuários.

Grande BH

Atrasos e superlotação também são registrados na região metropolitana de BH. Edna Souza é moradora do bairro Dona Rosarinha em Santa Luzia. Indignada, ela reclamou da risco 4165 (Padre Miguel/ Rosarinha/Estação São Gabriel) que atende a região onde ela reside.

Segundo ela, durante os domingos e feriados, as empresas colocam a risca para atender um bairro vizinho. Nesta segunda-feira (28), o esquema foi repetido, mesmo não sendo recesso. ''Só dá ônibus muito lotado. Até quando vamos continuar sendo desrespeitados assim?! Ainda pagamos um valor contraditório para irmos somente até a estação São Gabriel" desabafou a dona de lar.

Por meio de nota, a BHTrans (Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte) disse que comunicou o Setra-BH (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte) que o quadro de horários, entre segunda (28) e quarta-feira (2), deveria seguir o de dia útil. O órgão informou ainda que as consórcios não estão cumprindo o determinado pela prefeitura e, sendo assim, o sindicato "está assumindo integralmente toda a responsabilidade quanto a eventuais descumprimentos regulamentares e está sujeito à emprego das sanções cabíveis".

Já o representante das empresas afirmou que está operando com quadro de horários de domingo e, quando necessário, viagens extras são realizadas.


[ad_2]
Manancial Notícia -> :Fonte Notícia